Fátima Lopes parte a loiça toda: “Comigo houve um somatório de desconsiderações e desvalorizações na TVI”

A ex-apresentadora da TVI parte a loiça toda numa entrevista à revista Sábado.

“Nos últimos dois anos não fui feliz na TVI. As pessoas têm de ser bem tratadas e comigo houve um somatório de desconsiderações e desvalorizações. Se eu não tivesse auto-estima, se calhar ficava, mas felizmente tenho consciência do meu valor como profissional e como pessoa. O programa ‘A Tarde É Sua’ serviu como “pastilha elástica, aumentava ou diminuía para tapar aqui ou ali e isso é um desrespeito por um formato que foi desenhado para servir determinado público (…) Isto são desconsiderações. Só que o rosto era o meu”, começou por contar

A apresentadora revela que perdeu a liderança das audiências por causa das condições que lhe foram sendo retiradas: “Já não se podia fazer mais milagres”.

Em 2019 sofre corte salarial: “O argumento era a frágil situação financeira da empresa. Fui solidária e aceitei, na esperança de que, quando a empresa recuperasse, me repusessem o que tinha sido cortado. A verdade é que o tempo foi passando e ninguém tocou mais no assunto.”

Mas em 2020, a TVI voltou a gastar milhões em novas contratações, deixando Fátima Lopes com o salário cortado, sem voltar a repor os euros que lhe tinham sido retirados, o que deixou a apresentadora ainda mais irritada.

Em relação ao novo programa que iria apresentar na TVI, Fátima Lopes conta que o canal começou pelo fim: “Tinha de fazer um novo contrato. Mas não se fez o básico: primeiro negoceiam-se as condições e só depois se anuncia publicamente. Fizeram o contrário. O que me foi proposto não tinha condições para eu aceitar e saí”

Durante este processo, Fátima Lopes garante que nunca falou directamente com Cristina Ferreira: “Nunca falei com ela, nem ninguém sobre esse processo. O meu advogado é que me representava”

Outra situação que desagradou à ex-apresentadora da TVI foi a apresentação do programa “Conta-me”: “O processo não foi bonito”. A apresentadora conta que já com Cristina Ferreira como directora, foi-lhe dito que voltava para o projeto e “fiquei muito feliz porque o projecto nasceu comigo e tinha a minha imagem. Só que afinal não ia ser só eu, ia ter outros colegas (…) e recusei-me a apresentar. Chega!”

Já sobre a sua relação com Cristina Ferreira, Fátima Lopes prefere não falar: “Não vou falar de A ou B, não vale a pena, posso anotar determinados comportamentos, mais nada”

Deixa o teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑