Featured

Os Melhores do Ano – 2019: Vencedores e Percentagens

Editorial

Quando lançamos a votação para os Prémios “Os Melhores do Ano” referente a 2019, ainda o país não estava mergulhado no novo Coronavírus, a Covid-19. A votação, online, decorreu na sua normalidade, tendo picos altos de votação na fase final.

A votação foi encerrada na terça-feira, dia 17 de março e a divulgação dos vencedores teria de ser revelada, apesar do momento menos bom que o país, todos nós vivemos actualmente.

Assim, este domingo decidimos, ao longo da tarde, fazer a divulgação dos vencedores de cada categoria.

Os vossos votos contaram e a decisão do povo português é soberana.

Obrigado a si, que votou, que participou mais um ano nesta iniciativa que tem como objectivo valorizar os nossos artistas, programas, canais de TV e rádios portuguesas.

A surpresa deste ano é, pela primeira vez, a entrada da CMTV na lista de Vencedores.

A SIC venceu 13 categorias.

A RTP venceu 18 categorias.

A TVI venceu 3 categorias.

A CMTV venceu 1 categoria.

Outra curiosidade é o facto de Tânia Ribas de Oliveira e José Pedro Vasconcelos voltarem a vencer a categoria de Melhor Dupla de Televisão, sendo que 2019 foi o último ano que apresentaram o “Agora Nós”. Foram separados no final de fevereiro de 2019. Aqui está a prova de que quando o público gosta, gosta e não esquece, valorizando sempre que tem oportunidade.

No próximo ano, voltaremos para mais uma edição de “Os Melhores do Ano”.

Fique agora com a lista das percentagens que cada nomeado alcançou na votação nas diversa categorias.

Brasil: Farmácias aumentam preço do álcool e máscaras. Celso Russomanno leva polícia para fiscalizar e multar | COM VÍDEOS

Covid-19 no Brasil

Desde que a pandemia do novo Coronavírus chegou ao Brasil, houve vários produtos que passaram a custar duas vezes, três vezes e até oito vezes mais em diversos estabelecimentos como farmácias, quiosques e outras lojas.

Na rubrica “Patrulha do Consumidor” que a Record TV tem inserida em vários programas ao longo do dia e que Celso Russomanno apresenta, podemos ver várias fiscalizações a produtos como Álcool Gel ou Máscaras de protecção do rosto.

Após várias denúncias, Celso Russomanno accionou o PROCON e a Guarda Metropolitana e foram fiscalizar várias lojas. Ora veja:

VÍDEO 1:

VÍDEO 2:

VÍDEO 3:

ÚLTIMA HORA: Joana Solnado despede-se de Joselita Alvarenga (1934-2020)

ÚLTIMA HORA

Morreu a actriz Joselita Alvarenga.

A actriz brasileira foi casada com Raúl Solnado durante 12 anos. Do casamento nasceram dois filhos: Zé Renato e Alexandra Solnado.

No dia da sua morte, a actriz Joana Solnado presta-lhe homenagem:

“Coincidência ou não, despeço-me hoje da primeira atriz que vi atuar, em casa. A primeira atriz que vi gargalhar, em casa. A primeira atriz que vi chorar, em casa. Quanto privilégio. Quanta leveza, alegria e humor trouxe à minha vida e à de todos os colegas, amigos, alunos, familia e de quem se cruzou na sua bonita jornada. Quanta sabedoria numa pessoa só. Quanto teatro a respirar nesses poros. Neste dia Mundial do Teatro nos despedimos de você, que bela homenagem, amada Jô – saiba que no Brasil continuam me chamando seu nome.
Minha Brasilidade é minha, por sua mão e coração. Quanta gratidão.
Quantos personagens criamos juntas? Quantas festas de aniversário fictícias fizemos porque a gente gosta mesmo é de festejar. À vida.
À vida que vivemos juntas.
Porque a diversão estava acima de quase tudo.
E o concurso de quem consegue chorar primeiro? Esse jogo favorito que até há tão pouco tempo era agora. Sorrio quando penso, lembro, sinto e sei.
Quanto amor e magia você me proporcionou.
Quanta transgressão vivi do seu lado. Quase tudo era permitido do seu lado…
e isso me deu um sentido de que na vida nada é impossível. Foi você que me colocou no palco pela primeira vez. Me estreei com a mesma idade que você, 14, e entendi que era mesmo importante por suas lágrimas de emoção, sua inspiração. Você brilhava o olho por contar essas nossas contas iguais. Agradeço cada pedaço de história, cada sopro de vida do seu lado. Você me ensinou, além de tudo, que uma atriz, sorri e agradece até o pano fechar. O seu pano fechou, e você, sorriu e agradeceu tudo até o final.
Nesse novo começo, que sua viagem seja linda.”, escreveu

Joselita Alvarenga

Joselita Alvarenga, atriz, produtora, professora e diretora de teatro, nasceu em Minas Gerais, na cidade de Cambuquira em 04 de dezembro de 1934. Iniciou a carreira no cinema, atuando em “Dorinha no Soçaite” em 1957. Na tela grande esteve emO Grande Momento”, “A Difícil Viagem” e “Alô?”.

Também começou na tv em 1957, no “Grande Teatro Tupi”. Só viria a fazer novelas em 79, quando participou de “Cara a cara” na Bandeirantes. Fez na Globo a minissérie “Avenida Paulista”, depois na Band a novela “Campeão”. Também se destacou nos primeiros anos do SBT, atuando nas novelas “O Anjo Maldito” e “Jogo do Amor”.

No teatro Joselita atuou em “Jesus Homem” de Plínio Marcos entre outras e dirigiu várias peças, com destaque para “O Beijo da Mulher Aranha” e “Feche os Olhos e Entre na História”, peça infantil escrita por sua filha e encenada pela atriz Suzy Camacho.

Joselita Alvarenga ministrava cursos de teatro tanto no Brasil como em Portugal.

A atriz foi casada por 12 anos com o humorista português Raul Solnado, com quem teve dois filhos, Zé Renato e Alexandra Solnado, que trabalha como autora. IN, PRÓ-TV

Regina Duarte: actriz critica quem fica de quarentena por causa da Covid-19

Brasil

A ex-actriz e actual Secretária da Cultura do governo de Jair Bolsonaro, escreveu um texto onde critica os brasileiros que ficam de quarentena:

“QUER FICAR EM CASA ?

Você quer ficar em casa? TáOk!
Mas vc exige um frentista e posto de combustível aberto pra vc sair com seu carro em qquer emergência … Você quer ficar em casa?
Mas vc. exige o Mercado aberto com atendentes, senão sem alimentos você surta!
Quer ficar em casa? Mas quer que o porteiro do seu prédio e o zelador estejam trabalhando!
Quer ficar em casa? Mas precisa de dinheiro e quer o bancário de plantão no banco pra resolver seu problema! Quer ficar em casa? Mas tem motoristas e cobradores de ônibus trabalhando pra transportar quem precisa de transporte!
Quer ficar em casa?
Mas o farmacêutico e balconista tem que estar lá pra te servir, né!?
Quer comprar pão? Padaria aberta !!! Quer ficar em casa?
Claro, mas Deus o livre
se o caminhoneiro parar!
Em casa sim,
mas com a coleta de lixo
em dia pelos garis!
Quer ficar em casa?
A vida dos outros
vale menos que a sua?
Por quê ? Porquê eles são obrigados a trabalhar pro seu conforto mesmo num momento de crise desse,
e vc não?
Isolamento social sim,
mas pra grupos de risco, claro!
*PRECAUÇÃO , SIM !
CUIDADOS conscientes , SIM ,
de TODOS
PARA TODOS !
Brasil acima de tudo ,
Deus acima de todos !”, escreveu no Instagram

ÚLTIMA HORA: Fernando Rocha, humorista da SIC, tem Covid-19

COMUNICADO da SIC:

Fernando Rocha testou positivo ao exame de Covid-19, de acordo com o resultado recebido esta sexta-feira. O humorista está estável e encontra-se em isolamento domiciliário. Fernando Rocha regressou de uma digressão aos Estados Unidos e a França no passado dia 14, tendo ficado em quarentena voluntária desde essa data e não apresentou sintomas até à passada quarta-feira, quando sentiu febre.

Com as gravações do “Não Há Crise” interrompidas desde o dia 4 de março, Fernando Rocha atuou nos dias 7, 8 e 9 em Paris e em Nova Iorque e Filadélfia nos dias 12 e 14. 

A SIC deseja as rápidas melhoras ao nosso humorista, prestar-lhe-á todo o apoio necessário e espera o seu regresso em breve, para fazer o que tão bem sabe. Até lá, vamos poder continuar a recordar o seu talento nas emissões previamente gravadas do ‘Não há Crise’ e do ‘Levanta-te e Ri’, onde se prova o carinho e a predileção que o público tem pelo Fernando e que certamente não deixará de o demonstrar neste momento.

Nas redes sociais, o humorista da SIC já reagiu: “Vou estar aqui, no meu quarto, fechado, isolado. Vou recuperar para, depois, vos continuar a animar. Portanto, meus amigos, não se preocupem que eu só me adiantei para ficar logo livre disto e animar-vos a todos. Estão a ver quando o Titanic foi ao fundo e a banda continuou a tocar? Pronto, eu sou a vossa banda. Protejam-se, porque está visto que todos os cuidados são poucos.”

Maria Vieira arrasa António Costa:”Será que alguém ainda duvida que vivemos numa Ditadura de Esquerda imposta pelo governo socialista?!?!”

Maria Vieira arrasa Costa!

Depois de se ter sabido que a TVI decidiu não exibir a reportagem de Ana Leal sobre “graves falhas” no Serviço Nacional de Saúde, a actriz saiu em defesa da jornalista da TVI e aponta o dedo ao Partido Socialista:

“Olhem bem para essas duas fotos publicadas na página do programa da jornalista Ana Leal e leiam o que ela escreveu.
Será que alguém, com cérebro, que não seja militante ou simpatizante do PS e que não seja um idiota-útil de Esquerda, ainda duvida que em Portugal vivemos numa Ditadura de Esquerda, disfarçada de democracia e imposta pelo governo socialista?!?!
Ana Leal já se tinha queixado que António Costa havia pedido a sua demissão da TVI e agora ficamos a saber que a reportagem sobre as graves falhas que «infectam» o SNS foi cancelada, supostamente pelo director de Informação da emissora (só pode ter sido) que é um reconhecido camarada da Esquerda fofinha que desgoverna o país…
E lembram-se do cancelamento da reportagem sobre as suspeitas de corrupção no Instituto Superior de Comunicação Empresarial que deveria ter sido transmitido na RTP1, no programa «Sexta Às Nove», da jornalista Sandra Felgueiras?
E de tudo aquilo que aconteceu com a Manuela Moura Guedes na TVI durante o “reinado” de José Sócrates, ainda se lembram? E ainda mantêm na memória o afastamento da mesma Manuela Moura Guedes dos ecrãs da SIC?
E porque será que o Estado Português tenta, a todo o custo, impedir a compra da TVI pela COFINA?
O governo e o Partido Socialista só ainda não controlam as redes sociais e mesmo assim, milhares de utilizadores dessas mesmas plataformas de comunicação são alvo de denúncias e todos os dias são censurados e bloqueados por organismos mais ou menos secretos que apenas incomodam as páginas conservadoras e de Direita; eu própria já fui bloqueada umas 8 vezes, 3 delas por um período de 30 dias, e já disse isto várias vezes, mas nunca é demais repeti-lo: desde que me assumi como uma mulher e uma actriz conservadora e de Direita que deixei de ser convidada para trabalhar no meu país e, modéstia à parte, isso não aconteceu seguramente por falta de talento ou de profissionalismo e muito menos por falta de popularidade…
Registem o que vos digo: se não nos livrarmos do socialismo e do comunismo e desta gente que nos desgoverna regularmente desde Abril de 1974, em breve nos transformaremos na Venezuela da Europa e o que está a acontecer com o avassalador alarme mediático deste maldito «Vírus Chinês» é a porta aberta para que essa gente realize o seu Sonho Vermelho…”, escreveu

COVID-19: Marco Paulo: “Vou ao Santuário para agradecer a nossa senhora”

Marco Paulo

O cantor está a lutar contra o cancro da mama e esta manhã esteve à conversa no programa da manhã da RTP1.

“É uma batalha grave e complicada que estou a atravessar neste momento. Já fiz o último tratamento de quimioterapia que era um tratamento muito agressivo mas que não deixou assim grandes sintomas de mal-estar. Terminei na quarta-feira [dia 25 de março] e agora vou iniciar dia 7 [de abril] uma nova sessão de três meses de quimioterapia. Depois, se tudo correr bem, terei de tomar uns comprimidos durante uns meses para não haver nenhuma sequela. Tirei a mama, fiz uma grande operação debaixo da axila, e agora a única coisa que eu noto em mim é que não tenho cabelo. Se Deus quiser, esta luta que eu estou agora a travar contra o cancro da mama vai ser ultrapassada, como felizmente aconteceu com as outras batalhas que eu travei, e já foram bastantes”, disse

Sobre a Covid-19, Marco Paulo diz que só sai de casa para fazer os tratamentos: “Só saio de casa para ir ao hospital, faço os tratamentos de quimioterapia que tenho de fazer, estou com os meus companheiros que também estão lá a fazer os mesmos tratamentos e venho logo para casa.”

O cantor tem recebido vários presentes das fãs: “Tenho recebido flores com mensagens muito simpáticas que agradeço muito do fundo do coração”

O cantor faz questão de ir ao Santuário de Fátima para rezar, mas sem sair do carro: “Vou ao santuário, de carro, para agradecer a nossa senhora mais esta luta que estou a travar”, revelou

Polémica na TVI: Manuela Moura Guedes reage à suspensação da reportagem de Ana Leal

Polémica na TVI

Esta terça-feira estava agendado ser transmitida, no Jornal das 8, uma reportagem assinada pela jornalista Ana Leal sobre “graves falhas” do Serviço Nacional de Saúde no combate à Covid-19. Mas tal não aconteceu. A Direcção de Informação decidiu suspender a exibição da referida reportagem.

Perante mais uma polémica no jornalismo português, Manuela Moura Guedes reagiu assim: “Em países civilizados , desenvolvidos só há uma forma de fazer jornalismo- Contar os factos que se apuraram seguindo todas as regras que permitem conhecer a VERDADE sobre eles.


Em Portugal não é assim. Há quem faça esse jornalismo ( aves raras em processo acelerado de extinção) mas a tendência altamente valorizada é de quem “entende ” e protege o Sistema. Se há uns senhores que estão no Poder é porque são bons ou então não estavam lá! E ,como mandam , há que ser submisso e obediente não vá a vida correr mal. Esta corrente pujante do
jornalismo português dá belas carreiras . Não é preciso fazer-se esforço no jornalismo que questiona e investiga, aliás é mesmo um handicap, investe-se é nos contactos , bons contactos , daqueles que dão frutos . Depois , chegar ao topo é trigo limpo.

Veja-se ,por exemplo , os casos de quem está à frente da Informação das 3 estaçoes de televisão. Às vezes nem é preciso alimentar contactos …vem do berço. É claro que há uns que exercem este tipo de jornalismo de uma forma mais inteligente que quem vê ,muitas vezes ,pensa tratar-se do outro jornalismo , o da Verdade . Outros , são apanhados nas curvas. E isto é mais notório em momentos de crise , quando são mais evidentes as fragilidades do Sistema e de quem está no Poder . É nessas alturas que se faz o toque de alerta às tropas para que todos marchem à mesma ordem. Quem não estiver na linha , sai!”, escreveu a antiga Generala da TVI

ÚLTIMA HORA: TVI suspende reportagem de Ana Leal sobre o SNS e as falhas graves no combate à Covid-19

Censura na TVI???

É mais uma polémica vinda da TVI.

Segundo a TV7 Dias noticia, a Direcção de Informação do canal deixou cair uma grande reportagem de investigação assinada pela jornalista Ana Leal que iria «revelar falhas graves na resposta do Serviço Nacional de Saúde».

Ana Leal anunciava nas redes sociais a sua próxima reportagem: «Esta quarta-feira , no Jornal das 8, vamos revelar falhas graves na resposta do Serviço Nacional de Saúde.»

Fátima Campos Ferreira questiona declarações da Directora-Geral de Saúde

Fátima Campos Ferreira

A jornalista da RTP questionou as declarações da actual Directora-Geral de Saúde em Portugal.

Graça Freitas afirmou que desinfectar as ruas: “A limpeza habitual dos espaços públicos faz parte da higienização urbana. Se me perguntar: é uma prioridade ter trabalhadores a desinfectar ruas? Eu acho que não é uma prioridade”

A Directora-Geral de Saúde disse ser “fortemente a favor” da limpeza em geral, mas que até `à data “não há qualquer evidência de que sejam eficazes para a Covid-19”.

Perante isto, Fátima Campos Ferreira reagiu assim :

Pedro Chagas Freitas arrasa EDP

O popular escritor português decidiu escrever sobre algo que acha que já devia ter acontecido por parte de uma grande empresa a operar em Portugal.

A mensagem de Pedro Chagas Freitas foi direitinho para a EDP, empresa que fornece electricidade para a casa de muitos Portugueses.

Leia agora o texto, na íntegra, que o escritor:

“CARÍSSIMOS GESTORES DA EDP:

Se não sabem ficam a saber, Portugal está em Estado de Emergência.

Se não sabem ficam a saber, grande parte dos portugueses está, não porque queira, em casa.

Se não sabem ficam a saber, esses portugueses estão, por isso, a consumir muito mais energia eléctrica.

Se não sabem ficam a saber, uma parte desses portugueses tem, nesta fase, rendimentos bastante reduzidos — ou até nulos.

Se não sabem ficam a saber, é nestas alturas que se vê a grandeza das pessoas — e, claro, das empresas.

Lanço, então, um apelo simples: não cobrem. Ou pelo menos cobrem só uma percentagem. Ou reduzam tarifas. Ou passem todas as horas para a tarifa de hora “morta”. Ou qualquer outra solução que vos passe pela cabeça para amenizar este choque que no final do mês (dos meses) vai atacar milhares (milhões) de portugueses.

Se perderem margem de lucro, se no final do ano o vosso Relatório & Contas mostrar que não vão distribuir dividendos tão volumosos como quase sempre, digam aos accionistas que este ano fizeram mesmo aquilo que preconiza o vosso lema: distribuíram energia às pessoas. Vão ver que elas vão agradecer.

Com estima, e desde já agradecido,

Pedro Chagas Freitas”