Maria Vieira arrasa Malato: “Não se reconhece qualquer tipo de talento ou competência profissional”

Parrachita, como é conheci9da, voltou ao facebook e na mira da consagrada actriz está o apresentador da RTP, José Carlos Malato que criticou a presença de um fadista num evento organizado pelo partido político de André Ventura, o “Chega!”.

Perante a opinião de Malato, Maria Vieira não poupou o rosto da estação pública:

“O «apresentadeiro» Malato, lamenta que um jovem fadista tenha exercido a sua profissão durante um evento para o qual foi legitimamente convidado.

O «apresentadeiro» Malato, que há anos chupa o dinheiro público que os contribuintes portugueses são obrigados a entregar á RTP para o sustentar, lamenta que um artista ganhe a sua vida de forma honesta e sem viver à conta do dinheiro suado pelos outros.

O «apresentadeiro» Malato, a quem não se reconhece qualquer tipo de talento ou de competência profissional, lamenta que um jovem fadista talentoso cante para uma audiência que pagou do seu próprio bolso para o ouvir cantar.Já eu e milhões de portugueses, lamentamos muito as tristes e deprimentes figuras que o «apresentadeiro» Malato gosta de fazer nas «dancetarias» que ele costuma frequentar em Espanha e sabe-se lá mais onde, exibindo «panoramas anatómicos» capazes de revolver o estômago de uma osga ou de fazer saltar as órbitas de uma iguana de Guadalajara!

Triste sina a nossa, termos que sustentar estes «apresentadeiros» com o dinheiro que tanto nos custa a ganhar, esta triste gente que é impingida ao povo português, que se arrasta nas pantalhas do nosso descontentamento e que regurgita declarações patéticas só para agradar àqueles que ao fim do mês lhes assinam os recibos do seu gordo vencimento…”, escreveu há momentos nas redes sociais

7 thoughts on “Maria Vieira arrasa Malato: “Não se reconhece qualquer tipo de talento ou competência profissional”

Add yours

    1. Os inuteis,como esse,continuam a destilar ódio e em vez de serem neutros,como informadores de televisões pagas por nós,são partidários das extremas esquerdas.Vai mulato,vai fazer o teu exercicio preferido….

  1. Talvez o comentário José Carlos Malato não seja o mais apropriado …Eu nem sei quem foi «o jovem fadista » que cantou num jantar do Chega. Nem quero saber . Todos tem o direito a tratar da sua vidinha e, meus amigos os artistas vivem momentos dramáticos neste contexto pandémico .A cultura é sempre a vitima principal e estas pessoas tem vidas , contas para pagar como todos os outros e se para se viver tem que se trabalhar seja no Chega ou noutro partido qualquer, acredito que não pensam duas vezes ! Assunto arrumado. Agora o que não consigo «arrumar » e este comportamento da atriz Maria Vieira. Santo Deus tanto odio não pode ser de uma pessoa normal…!? A senhora vomita de forma indiscriminada , irracional ,odio por todos os poros nomeadamente de gente do seu meio e anexos que faz doer e nos deixa siderados ! Os autores não prestam, os apresentadores não prestam, a RTP é lixo, a SIC é lixo , os jornais portugueses são lixo , os governantes portugueses são chulos eu sei lá que mais …Sinceramente na minha opinião isto não é normal .Pode-se não gostar deste ou daquele mas isso não nos dá o direito de de chafurdar na vida privada de cada um . Eu que acompanhava o percurso atriz a Maria Vieira com agrado – deste os tempos do Passeio dos Alegres do grande Júlio Isidro- agora confrontado com esta faceta da atriz que tanto me fez rir me choca e me faz pena …Porém se a senhora escolheu este caminho que seja feliz . Eu sinceramente fico triste e muito . Gostava outra vez de voltar a rir com a Maria mas ela teima em ir por ali…

    1. Joaquim Rodrigo, dar-lhe-ia toda a razão, não tivesse aqui em causa uma perseguição sem precedentes a um homem, a um partido e seus apoiantes.

      Se bem me recordo, desde que André Ventura deu voz a milhares de pessoas sem esperança que toda a imprensa se voltou contra ele e contra aqueles que partilham da sua opinião.

      A Maria Vieira é uma destas pessoas e é verdade que em nenhum momento teve a iniciativa de atacar quem ou o que quer que seja gratuitamente. Todas as suas intervenções surgiram em tom de resposta.

      Importa ainda salientar que, nem antes nem depois da implementação desta falsa democracia houve tamanha censura contra um homem, contra um partido e contra todos aqueles que comungam dos seus ideais.

  2. Concordo inteiramente com aquilo que a Parrachita escreveu.
    O Malato é um triste apresentador que nos suga um pastelão por mês sem a minima categoria.
    Tomara ele ter a categoria do jovem fadista que cantou e nos encantou num jantar do CHEGA.

Deixe uma Resposta para Anónimo Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑