Manuela Moura Guedes: “Tive de ver várias vezes para acreditar no que dizia o jornalista da SIC”

Também a jornalista Manuela Moura Guedes reagiu aos erros que o jornalista da SIC cometeu quando abordava a obra de Eduardo Lourenço:

“Que vergonha!

Ontem , já tarde, recebi uma mensagem do José Pedro Vasconcelos com este vídeo. Estava indignado mas, principalmente, envergonhado. Fui ver. Confesso que tive de ver várias vezes para acreditar no que dizia o jornalista da SIC ,que era suposto ser grande conhecedor da obra de Eduardo Lourenço dado que ali estava a perorar , no dia da morte do escritor, ensaísta ,pensador …e tudo o mais que foi .Ora então , afirmava ele doutamente: “( Eduardo Lourenço)… utilizava uma expressão lindíssima da literatura que agora já ninguém usa.

Depois da crónica punha Vence 2020, por exemplo. Ou seja, aquela crónica tinha uma data de validade”. É , é como uma embalagem de chouriço fatiado que não se pode comer depois da data de validade.

Para esta alminha Vence é isso – Eduardo Lourenço achava que o que escrevia também fazia mal às pessoas, estragava-se, já não prestava a partir de determinada data.É, para além de tudo o que foi , Eduardo Lourenço também via o futuro , tipo professor Karamba, e sabia que , no contexto do que ia acontecer , já não fazia sentido o que tinha escrito. É bom No caso das crónicas , elas dizem mesmo respeito a um determinado período, vivência e circunstâncias que têm a ver com o quando o onde e por quem foi escrita .

Mas é sempre um testemunho , com maior ou menor importância que não perde validade.Vá lá, Reinaldo! Nem uma leiturazinha da biografia ? É que a maioria dos portugueses não sabia ,esperamos que saiba mais e leia mais desde ontem , mas um conhecedor da obra e do percurso de Eduardo Lourenço não sabe que ele viveu durante anos em Vence, uma Comuna francesa no Sul de País ? Bom, se sabe e interpreta a expressão daquela maneira, então o problema já não é de ignorância e lata…

Eu acabo com uma citação de ontem à noite do José Pedro Vasconcelos : ” O José Régio também usava uma expressão muito antiga da literaturaPortalegre, Maio 1947″P.S. De certeza que o nosso Reinaldo ainda vai ser mais um comentador SIC/Covid”, escreveu a jornalista

Deixa o teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑