Noémia Costa: "Mãe, faz hoje 2 meses que partiste"

Noémia Costa

A actriz fez questão de recordar a sua mãe, dois meses após a sua morte:

Mommy faz hoje [dia 20 de janeiro] dois meses que partiste. Dois meses de ausência física, mas permanentemente no meu pensamento e no meu coração. Mommy adoro-te” – escreveu nas redes sociais

Noémia Costa arrasa anterior direcção da RTP: Daniel Deusdado e Nuno Artur Silva

Noémia Costa

Noémia Costa foi resgatada pela SIC, após mais de 2 anos sem poder exercer a profissão de actriz no nosso país, tendo emigrado e acabado por trabalhar na área da saúde no Reino Unido, tomando conta de pessoas com demência profunda.

Agora, de volta a Portugal e à profissão que escolheu para a sua vida, a actriz deu uma entrevista à revista TV Guia onde fala do seu afastamento da ficção portuguesa.

Questionada porque razão desapareceu nos últimos quatro anos da ficção portuguesa, a actriz começa por dizer o seguinte: “É difícil, como será para qualquer colega depois de um êxito como o “Bem-Vindos a Beirais”

Confrontada se a RTP teve algum complexo pseudo-intelectual com a série “Bem-Vindos a Beirais”, Noémia Costa responde assim: “Não sei. A RTP ganhou audiências com “Beirais”, mas a primeira coisa que a nova direcção (Daniel Deusdado e Nuno Artur Silva) fez, assim que entrou, foi acabar com a série. Mas o público é tão fiel que também abandonou a RTP”

Esta não foi a primeira vez que a ex-direcção da RTP liderada por Daniel Deusdado e Nuno Artur Silva foi criticada por actores. Também o actor Luís Aleluia teceu duras criticas aos dois ex-responsáveis da estação pública: “A série saiu do ar e a audiência ficou reduzida aos 200 mil [espectadores] diários que tinha. E ninguém perguntou àquele director de programas (Daniel Deusdado e Nuno Artur Silva) porque é que tirou um produto que era rentável para uma estação pública. Qual é a empresa que deita fora e vê um director deitar fora um milhão e 400 mil clientes e o mantém no lugar? Isto não passa na cabeça de ninguém. Isto não existe”

“Bem-Vindos a Beirais” foi uma série tipicamente portuguesa criada sob a direcção de Hugo Andrade. Foi este director de programas da RTP que deu luz verde para se fazer esta série. que se tornou num fenómeno de audiências e populariedade no nosso país.

Assim que Hugo Andrade foi obrigado a deixar o cargo de director de programas da RTP, para que Daniel Deusdado ocupasse o seu lugar e Nuno Artur o cargo de administrador pela área de conteúdos , uma das primeiras decisões foi, de facto, acabar com a série “Bem-Vindos a Beirais”. Os restantes episódios gravados acabaram por deixar o horário das 21h00 e foram chutados para o horário depois das 22h00 e, muitas vezes, a popular série foi exibida no horário das 23h00

Drama: SIC resgata Noémia Costa. A actriz estava emigrada há 2 anos

Noémia Costa regressa a Portugal

Estava há 2 anos fora de Portugal, por falta de convites. Estava no Reino Unido, a trabalhar na área da saúde.

Estive a trabalhar em Inglaterra. Estive a trabalhar em saúde e, neste momento, além de actriz, sou formada em healthcare assistant [assistente em cuidados de saúde, em tradução literal]. Tirei este curso porque achei que tinha acabado a minha carreira de actriz. Eu vivo sozinha e tenho de me fazer à vida. Estou apta para fazer todos os serviços. Trabalhei com alta demência, o que foi bastante cruel mas que me preparou obviamente mais para a vida” – começa por contar a consagrada actriz

Mas a sua vida acaba de dar uma reviravolta e Noémia Costa vai voltar a fazer aquilo que mais gosta: representar.

«Desfiz-me em lágrimas»

Quando recebi este convite, estava lá, a acabar de fazer um turno de 15 horas. O Adriano Luz (actor) ligou-me e disse-me que tinha boas notícias para mim. Ele sabia que eu estava há dois anos fora do país e, não sendo um colega com uma amizade muito próxima, esteve sempre presente. É incrível quando a ajuda vem das pessoas de quem menos se espera. Disse-me: ‘Miúda, apanha o avião e vem para casa. A personagem é muito boa’. Desfiz-me em lágrimas” – conta

A actriz vai participar na nova telenovela da SIC, “Terra Brava”, onde interpretará “uma mulher religiosa, de valores, muito rica a nível de sentimentos e para quem a família é tudo

Noémia Costa volta a sorrir

Espero que seja de vez, pelo menos para aquilo que eu gosto de fazer. Há uma coisa que eu não tenho: medo de lutar. Podemos recomeçar. Eu recomecei em Inglaterra a fazer outro trabalho. Mas recomecei uma nova vida. Depois, venho para Portugal e estou novamente a recomeçar aquilo que eu gosto de fazer. Estou muito grata. É difícil viver sempre no fio da navalha. Eu já vivo nele há 39 anos, porque comecei muito nova. Há paragens que são forçadas e não são as melhores para nós. Temos de faz contas à vida. Os actores em Portugal não ganham de todo o que as pessoas pensam que ganham. Têm todos os deveres, mas não têm direitos nenhuns. Penso que com isto digo tudo“, remata