Ana Bola quebra o silêncio: "Até agora estive caladinha. Fiz com a Maria o que ela sempre fez comigo"

Ana Bola quebra o silêncio!

A consagrada actriz falou, pela primeira vez, sobre o grave problema que Maria Rueff enfrentou nos últimos dias.

Num texto publicado na sua página de facebook, Ana Bola escreveu o que lhe ia na alma:

“Até agora estive caladinha.Até passar o susto.Fiz com a Maria o que ela sempre fez comigo. Em situações de doença,luto ou outras “grandes chatices”,a Maria sempre me protegeu da exposição pública que eu não queria.Agora que o susto foi com ela,limitei-me a respeitar a sua intimidade (não há para mim coisa mais íntima,do que estar doente/diminuído).

Hoje,com a voragem das redes sociais e da imprensa é muito difícil manter esse resguardo.Acredito que a Maria tivesse gostado de viver este susto apenas com a sua família e os seus amigos.Mas não foi assim.Desta situação,felizmente ultrapassada,tiro o lado positivo.A enorme exposição a que a minha amiga foi sujeita,deu-lhe,por outro lado a dimensão do enorme apreço que os portugueses têm por ela. A Maria sendo uma pessoa frágil,tem às vezes duvida que gostem dela desta maneira (é muito estranho mas é verdade). Agora que está tudo bem,será também tempo de reflexão para a Maria e até para nós.Não admitimos perdê-la,nem perder-nos a nós e nunca mais a podermos ver.Ainda temos muita manicura para “aviar” e estou até já a pensar que podemos vir a ter um corner de arrancar sobrancelhas com um fio (tarefa fascinante).Não aguentávamos ficar sem a Maria pessoa,nem sem a Maria talento.

A Laura,a linda filha da Maria,que literalmente a salvou,nunca me enganou.Conheci a Laura no dia que nasceu.

Comecei a observá-la nesse dia.Mais tarde e ainda criança,quando a mãe e eu passávamos tardes a morrer a rir com os nossos disparates,olhou séria para nós e perguntou do alto do seu metro e 115 : Olhem lá,vocês não tencionam crescer nunca? Nesse dia percebi que a Laura era muito mais que uma criança esperta e dotada.A Laura nunca me enganou. A Maria também não. Sempre foi e será uma sobrevivente,como agora se viu. Louvada sejas Maria.E como a Laura também disse um dia,somos BFF (best friends forever) . Amo-te Miga” – escreveu Ana Bola

Maria Rueff foi salva pela filha: "A ti, meu amor, devo a gratidão maior"

Actriz agradece à filha Laura

Actriz escreveu um texto emotivo de agradecimento à filha que tem em comum com o apresentador da RTP, José Pedro Vasconcelos:

“Desde que nasceu que o meu coração lhe pertence , mas o que nunca pensei é que tivesse de ser ela a tratar dele.
Na verdade, quando os primeiros sintomas de enfarte começaram, foi esta minha pequena/grande heroína, que ligou para o 112, explicou a situação, foi comigo na ambulância do INEM, sempre de mão dada na minha, para que eu não tivesse medo. Eu a mãe/ adulta insegura, ela a filha com apenas 15 anos, cheia de maturidade ( como a vida inverte por vezes os papéis!….)
Esperou nas urgências em São José, com a maior serenidade, pelo electrocardiograma que confirmaria o pior: enfarte agudo do miocárdio. Nunca desanimando, viu que me transferiam para Santa Marta, onde desentupiria a coronária direita, acreditando sempre que eu saíria refeita do cateterisma. Sempre com um sorriso na cara, como se no fundo soubesse desde a primeira hora que o desfecho só podia ser feliz, talvez porque seja a única que me conhece por dentro, Afinal os nossos corações bateram juntos muito tempo…conhece-lhe muito bem a mecânica.
Nem por um segundo deixou que me sentisse sozinha, chamou para ao pé de nós família e amigos. Nem por um segundo me olhou sem ser com compaixão e ternura. Não falhou a um unico pedido meu.
Sei que devo muito a todos os que me trataram, apoiaram, com mensagens,( tentarei aos poucos agradecer todas) visitas e ações, mas a ti meu Amor devo a gratidão maior – a de me teres salvo literalmente a Vida!
Agora que este meu coração irriga melhor, que seja só para te dar ainda mais AMOR, que tanto mereces, minha doce filha Laura ❤️”
– escreveu Maria Rueff