Maria Vieira arrasa Malato: “Temos de sustentar estas ´Malatas´, que se pavoneiam na televisão paga por todos nós”

O apresentador da RTP, José Carlos Malato, assumiu que não se indentificava com o género masculino, nem feminino, assumindo-se como “não-binário”.

Perante isto, a atriz Maria Vieira não poupou o rosto da estação pública:

“O Malato vem agora revelar que não sabe quem é, nem o que é!

Aparentemente, o referido «apresentadeiro» da RTP não sabe se é um homem, se é uma mulher, se é uma libelinha ou se é um pote chinês da Dinastia Ming

Assim sendo, temos uma pessoa que não sabe quem é, nem o que é, a ser sustentado pelo erário público na qualidade de funcionário de uma televisão que ninguém vê, televisão essa em que na esmagadora maioria do ano, ele nem sequer aparece!

Mas o mais extraordinário é que recentemente este «apresentadeiro» que não sabe quem é ou o que é, viu o seu contrato com a RTP renovado por mais um ano, ou seja, mais 12 meses onde, segundo consta, ele irá embolsar cerca de 7500 Euros por cada um desses 12 mesitos, uma quantia bastante razoável que sai do bolso de todos os contribuintes portugueses que se por um lado sabem quem são, por outro desconhecem por completo o motivo pelo qual têm que sustentar o Malato e todos os «Malatos» e «Malatas» que se pavoneiam na televisão pública em alegres manifestações da mais pura e dura inutilidade!

E tudo isto acontece num país socialista completamente desgovernado, um país pobre e subserviente onde mulheres grávidas e os seus bebés morrem por falta de assistência médica, onde os cidadãos são privados de consultas médicas, de exames médicos e de intervenções cirúrgicas, onde uma enorme fatia de aposentados aufere menos de 300 euros por mês de reforma, onde médicos, enfermeiros, professores e polícias são os mais mal pagos da Europa, onde os fogos ateados por criminosos sem castigo consomem todos os anos milhares de hectares de terreno, destruindo os bens e a vida de gente que trabalhou no duro desde sempre e onde os bens de consumo, a electricidade, a água e os combustíveis atingem preços que os miseráveis salários do povo não conseguem suportar, alegadamente por causa de uma guerra lá longe que não nos diz respeito, uma guerra que foi provocada pela NATO, pela UE, pela ONU e pelas elites económico/financeiras que enriquecem a olhos vistos com a desgraça que fomentam e com as mortes que semeiam no leste europeu!

Mas o que é que tudo isso interessa perante o «facto» do Malato se assumir como «não-binário» (seja lá isso o que for) e dele não saber o que é ou quem é?

Continuem a eleger socialistas e globalistas e vão ver o tamanho da «não-binarice» que vos vai cair em cima!

DEUS, PÁTRIA E FAMÍLIA. #CHEGA, escreveu a Parrachita

2 thoughts on “Maria Vieira arrasa Malato: “Temos de sustentar estas ´Malatas´, que se pavoneiam na televisão paga por todos nós”

Add yours

  1. Ia vomitando o jantar, quando li a frase que pensava nunca mais vir a ver ou ouvir, mas depois vi de onde vinha e disse para comigo: Pronto lá vem a historia da desgraçadinha rejeitada pela família que lhe deu de comer durante tantos anos.

Deixa o teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑