Carlos Daniel com carteira suspensa enquanto exercia função de diretor-adjunto na RTP

A RTP está a ferro-e-fogo por causa de várias situações internas. Uma delas é o facto do jornalista Carlos Daniel ter passado de diretor-adjunto de informação para responsável do Centro de Produção Norte (CPN).

Segundo avança o jornal Nascer do Sol, Carlos Daniel exerceu o cargo de diretor-adjunto mesmo tendo a carteira profissional suspensa. O jornalista, agora responsável do Centro de Produção do Norte substituiu Isabel Correia.

Recorde-se que Carlos Daniel tinha saído da RTP, em setembro de 2018, para ir trabalhar para o Canal 11 mas, em abril de 2019, o jornalista regressava à RTP como se nada se tivesse passado.

Outro assunto de discórdia dentro da estação pública é a a saída de Maria Helena Pereira, diretora de Recursos Humanos durante vários anos, que foi substituída por Hugo Rosado, que já fazia parte da empresa e assim foi promovido para este cargo.

Deixa o teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑