Maria Vieira arrasa, de novo, Malato: “criatura infeliz e mal amada, que não serve para nada”

José Carlos Malato não gostou de ver que os alentejanos votaram em massa em André Ventura e disse que a partir de agora já não seria mais alentejano. Perante isto, Maria Vieira voltou a apontar a mira ao apresentador da RTP e, num longo texto, lançou-lhe várias críticas:

“O Alentejo gritou CHEGA no passado Domingo!

O povo alentejano tem horizontes largos e amplos como as planícies que caracterizam a sua terra dourada, é um povo contemplativo e paciente, mas não é um povo ignorante e passivo e por isso, de forma silenciosa mas determinada, disse não ao comunismo e à Esquerda em geral e resolveu abraçar a esperança, a justiça, a determinação e a coragem que vislumbrou em André Ventura e no partido de que ele é líder.

E depois vem esta criatura infeliz e mal amada, vem este Malato que nada realiza, que nada produz e para que nada serve, vem este «animador» de pantalha que vive á custa do dinheiro público, do dinheiro suado pelos mesmos que agora insulta, vem esta personagem de olhos tristes e vazios, afirmar publicamente que «o Alentejo é uma vergonha” injuriando assim a inteligência, o carácter e as escolhas de um povo que é a antítese dos Malatos desta vida e que nada tem a ver com estas criaturas saltitantes que se olham no espelho e que apenas vêm a reflexão do ódio, da raiva e da intolerância que os atormenta, o mesmo ódio, a mesma raiva e a mesma intolerância de que acusam os outros, aqueles outros que deles discordam, aqueles outros como André Ventura, que os bravos alentejanos, com absoluta e total legitimidade, resolveram escolher como seus representantes.

É absolutamente inadmissível que a RTP, uma emissora pública que é financeiramente suportada pelos impostos do povo português, ainda permita que esta criatura, esta personagem inenarrável, integre os seus quadros profissionais e tenha ainda a audácia de mostrar a cara nos ecrãs que são olhados pelas vítimas dos seus inusitados insultos, da suas ásperas ofensas e das suas vergonhosas injúrias!

Não, o Alentejo não é uma vergonha. E sim, o povo alentejano tem memória. Viva o Alentejo. Viva Portugal.”, escreveu a Parrachita

Maria Vieira ilustrou o seu texto com a seguinte recorte de notícia:

5 thoughts on “Maria Vieira arrasa, de novo, Malato: “criatura infeliz e mal amada, que não serve para nada”

Add yours

  1. Para bem e orgulho dos alentejanos nacionalizar se espanhol e um favor que nos faz, mas que seja já hoje urgentemente

  2. O Alentejo, até agradece que ele seja lisboeta, uma coisa que eles não gostam, é de paneleiros dezendo-se alentejanos.

  3. Sai do País, porcaria já cá existe muita. Vai para Espanha, há lá uns bares de que gostas muito

  4. Enquanto Portugal não arrumar estes parasitas nunca mais saímos da sepa torta este malato que vá trabalhar e ganhar o salário mínimo para saber o que e a vida da maioria dos portugueses.mas ele sabe fazer o k ?

Deixa o teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑