Got Talent Portugal: o cantor Luís Ramalho está de volta!

GT20Jan16_6099_LuisRamalho-2-860x507.jpg

Luís Ramalho

Lembra-se do cantor romântico do programa da RTP?

Luís Ramalho está de volta ao mundo da música e com muitas novidades.

É sob o nome artístico de Ricardo Júnior, que o concorrente da talent show da estação pública vai continuar o seu sonho de cantar.

51145468_2043572172600690_7358252217637273600_n.jpg

VÍDEO 1:

 

O ex-concorrente do Got Talent Portugal vai editar o seu primeiro disco.

50931785_2043018515989389_143096546387296256_n.jpg

 

VÍDEO 2:

Maria Vieira de volta à ficção portuguesa.

maria-vieira-ataca-salvador-sobral-e-um-idiota.jpg

Maria Vieira

A actriz está de volta à ficção portuguesa.

Foi a própria Maria Vieira que anunciou o seu regresso à ficção nacional. Na sua página de facebook, a actriz contou do que se trata:

voxpoptv.png

Maria Vieira vai contracenar com Rita Pereira, Pedro Teixeira, Ana Zannati, São José Correia, Dalila Carmo, Tiago Teotónio Pereira, Maria José Pascoal, António Capelo, Joana Ribeiro, Paulo Pires, João Lagarto, Carla Vasconcelos, Marina Mota, Orlando Costa., Cucha Carvalheiro, Pedro Carvalho, Luisa Ortigoso, Io Apolloni, André Nunes, Sílvia Rizzo, Pedro Granger, Isabel Ruth, Luís Represas, Diogo Piçarra, entre outros.

51984847_2090060847781893_7288717646302806016_n.jpg

51939197_2090060567781921_2431037023809699840_n.jpg

Emocionante: brasileiro escreve carta a Deus após morte do seu cão

Brasileiro-emociona-a-Internet-com-carta-para-Deus-após-a-morte-de-seu-cachorro.jpg

Emocionante!

É carta que está a emocionar tudo e todos!

Trata-se de um brasileiro que decidiu escrever uma carta a Deus após o seu cão, Lennon, morrer. O cão, um bernese mountain dog, tinha 9 anos de idade. 1 ano corresponde a 7 anos de vida de um cão.

Leia agora, na íntegra, a carta:

“Deus,
eu não sei se o Senhor tem Facebook, se tem tempo livre para ler textos, ou se ao menos sabe que eu existo. Mas eu queria falar sobre o meu cachorro, o Lennon. 

Ele é esse cão majestoso, sorridente e bonito aí da foto. Tão bonito, aliás, que não derreteu só os corações de nós, humanos: até mesmo os outros cães pareciam admirá-lo, obedecê-lo, querer ser como ele.

E sabe de uma coisa? Eles estavam certos. O Lennon levou a sério sua vocação de cão pastor. Ele cuidou de mim, me guiou, me protegeu. Ficou ao meu lado, alerta e forte, mesmo quando ninguém mais queria ficar. Eu era o rebanho mais precioso para ele, e fui guardado com uma lealdade, uma firmeza e, sim, um ciúme que pareciam não ter fim.

Assim como o seu amor. Ele fazia de tudo para me deixar feliz. Prestava atenção em tudo que eu dizia, com seus grandes olhos arregalados, mesmo que não entendesse uma só palavra. Dançava, se jogava e rolava no chão, fazia papel de bobo mesmo sendo um dos seres mais inteligentes que eu já conheci. Caminhava ao meu lado sem guia nem coleira, pulava em cima de mim feito um cão de colo, até comia quando não tinha fome – e olhava pra mim com o canto do olho, como um filho esperando minha aprovação. Não tem como você não se sentir especial ao ser amado por uma criatura tão linda e pura.

Eu estou falando tudo isso, Deus, porque hoje o câncer o levou de mim. Eu e minha namorada fizemos tudo que estava ao nosso alcance para evitar isso. Cozinhávamos comidas diferentes para vencer a perda de apetite que a quimioterapia causava. Dávamos remédio e comida na boca. Nos últimos dias, eu o carreguei em meus braços por toda a casa. Tentei tranquilizá-lo, falando em seu ouvido o quanto eu o amava e como nunca iria deixa-lo. Fui forte por ele, como tantas vezes ele foi por mim. Segurei em sua patinha trêmula e fiquei com ele até o último batimento de seu lindo coração. Ele já deve estar chegando aí, Deus. Peço que brinque com ele, role na grama, corra, cante musiquinhas bobas, tire selfies e coce a barriga dele, sabe, todas essas coisas tão simples, mas que nos davam tanta alegria.

Por favor, cuide bem do meu cãozinho, até chegar o momento de eu ir para aí e me reencontrar com ele.
Para que eu seja merecedor disso, vou me esforçar em ser um bom homem. E me inspirar no Lennon. Afinal, ele foi um bom menino”.

 

112050201902105c602532036df.jpg