Uncategorized

RTP: em 2017, Gonçalo Reis e Nuno Artur Silva custaram 230 000 euros aos contribuintes

goncalo-reis-nuno-silva.jpg

Salários chorudos na administração da RTP

Enquanto há vários trabalhadores da RTP  que não são aumentados há anos e que recebem um salário baixo, parece que para a administração da RTP, em 2017, não faltou dinheiro.

Gonçalo Reis, presidente da RTP, auferiu o ano passado 9500 euros brutos por mês. Feitas as contas, nos 12 meses de 2017 o actual presidente da estação pública ganhou 133 mil euros.

Nuno Artur Silva, Administrador de conteúdos, auferiu o ano passado 7021 euros brutos por mês. Feitas as contas, nos 12 meses de 2017 o ex-administrador da estação pública ganhou 98 291 mil euros.

Feitas as contas, só estes dois administradores da RTP ganharam, no ano assado, mais de 230 mil euros … 231 291 mil euros.

O gasto anual, de 2017, com rendas de viaturas para a administração totalizou 18 699 euros. Os  custos com viagens (deslocações e alojamento) totalizaram 24 507 euros. Sendo que, deste valor, 16 238 euros dizem respeito a gastos só do presidente.

Em 2017, os gasto em comunicações (serviço de roaming incluído), somaram 2149 euros. Foi Gonçalo Reis quer mais gastou em telefonemas: 961 euros.
Anúncios

0 comments on “RTP: em 2017, Gonçalo Reis e Nuno Artur Silva custaram 230 000 euros aos contribuintes

Deixa o teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s