Jornalista da TVI diz que foi vítima de violência doméstica!

tvi-1-712x556.png

TVI

O jornalista da estação de Queluz de Baixo, que recentemente fez uma reportagem que deu muito que falar, confessa ter sofrido violência doméstica. O agressor trabalha na TVI.

É um testemunho dado pelo próprio através do seu Instangram. Emanuel Monteiro, jornalista que assinou a reportagem “Senhor Traveca” que a TVI exibiu na passada terça-feira, diz que sofreu “durante mais de um ano, de forma consecutiva” e que “Hoje, o agressor passa oito horas do dia numa secretária, a três metros de mim”

 

“Começou com um estalo e acabou com um espancamento, dentro da minha própria casa. Foi no dia do meu aniversário. Estava sem telemóvel, trancado, impedido de fugir ou de pedir ajuda. Estive à espera, durante todos os minutos daquelas três horas, que o agressor abrisse a gaveta da cozinha e de lá tirasse uma faca para acabar com o pouco que ainda restava de mim. Fiquei gelado de medo, morto de espírito enquanto era agredido sem dó, nem piedade. Não consegui, sequer, defender-me (…) Às vezes, ainda tenho medo, muito medo. Nunca consegui denunciá-lo, por receio, por vergonha, mas sobretudo por compaixão e para não estragar a vida a uma pessoa, não faz parte de mim fazer mal aos outros” – contou

21480492_217683062099083_6540957921604272128_n-741x486.jpg

O jornalista da TVI refere-se ao seu ex.namorado que também trabalha no mesmo canal que ele.

img_796x560$2018_07_21_17_13_49_145868.jpg

Anúncios

Deixa o teu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s