SIC terá de dar indemnização a telespectador. Assim decidiu o tribunal.

sic-logo.jpg

Telespectador ganha à SIC em tribunal

O caso remonta ao ano de 2016, no mês de outubro. Durante 17 minutos um vendedor de materiais de construção, César Augusto de Almeida, julgou-se milionário ao seguir a emissão da SIC. Mas quando se apercebeu de haver um erro por parte da estação de Carnaxide, entrou em depressão.

Em rodapé a SIC passava a chave vencedora do Euromilhões e os números eram os mesmos que o referido vendedor tinha no seu boletim. O que fez com que o telespectador da SIC se sentisse “a pessoa mais sortuda do planeta” por ter ganho 156 milhões de euros, remetendo-o para “um entusiasmo incontido”, uma “emoção alucinatória” e uma “euforia desmesurada”.

Após o intervalo que a SIC fez, a informação sobre os números do Euromilhões já era outra, ou seja, já era a correcta. O vendedor já não conseguiu jantar, entrou em depressão profunda, começou a ter de tomar tranquilizantes e o casamento de 20 anos começou a ter altos e baixos.

O vendedor foi para tribunal e pedia um valor de 80 mil euros como indemnização. No início deste mês, o Tribunal da Relação de Lisboa corrigiu o valor da indemnização a pagar pela SIC para 7500 euros, por considerar tratar-se de um valor mais susceptível de “consubstanciar um lenitivo” para a dor infligida.

7500 Euros é o valor que a SIC irá ter de pagar a este seu telespectador.

 

 

Anúncios

Deixa o teu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s