ÚLTIMA HORA: Mexidas na SIC – este poderá ser o destino de Gabriela Sobral

20177686_pfE5D.jpeg

ÚLTIMA HORA

Com Daniel Oliveira a ocupar o lugar de Gabriela Sobral, o destino da ainda directora de programas da SIC, ao que o nosso site apurou,  poderá ser aquele que antes tinha dentro da estação de Carnaxide: directora de ficção

 

ÚLTIMA HORA: Daniel Oliveira reage à sua nomeação para Director-Geral da SIC

daniel-oliveira.jpg

Última Hora

Daniel Oliveira é o novo director de programas da SIC!

Será também director-geral de entretenimento e director dos canais temáticos da SIC.

“É com orgulho e sentido de missão que aceitei o desafio do CEO da Impresa para liderar a direcção-geral de entretenimento da Impresa, numa era de estimulantes desafios para o sector audiovisual e para o digital” disse o apresentador de 37 anos que agora será o novo homem-forte da SIC na área do entretenimento.

“Prometo Falhar”: livro de Pedro Chagas Freitas chega ao cinema

Destaque-Vai-Lendo-Prometo-Falhar.jpg

Prometo Falhar – O Filme

Vem aí um novo filme português baseado num livro de sucesso, best-seller, do escritor Pedro Chagas Freitas.

“Como se torna num filme o livro mais sublinhado de sempre? Como se conta a história de um livro que tem nele todas as histórias que o leitor pode encontrar? Como se assume a responsabilidade de apresentar a centenas de milhares de leitores o filme de um dos seus livros preferidos, de um dos livros da sua vida? Quem é suficientemente louco para achar que pode estar à altura de uma das tarefas mais difíceis de sempre: não defraudar o leitor com “o filme” do seu livro preferido?

Comecei esta aventura sem ter as respostas para estas perguntas. E continuo sem as ter. No fundo, e vendo bem a situação, porque deveria eu ter medo “de falhar”?

Encontrei-me pela primeira vez com a Bárbara e com o Pedro num restaurante no Porto, à frente de uma francesinha. Nervoso? Pois, quem não estaria? Estava a falar com a Bárbara! Finalmente conhecia a fonte de inspiração do Pedro. Pensei: eu também já tive uma Bárbara. Quem me dera voltar a ter uma na minha vida!

O dia em que os conheci entrou imediatamente na lista mais marcantes da minha vida.

Ao falarmos apercebi-me imediatamente de que seria um enorme desafio conseguirmos transmitir tudo o que este livro verdadeiramente representa através de um filme. Mas não me manifestei nesse sentido, bem pelo contrário. Apenas lhes disse: vamos fazê-lo!

E foi assim que tudo começou!

Alberto Rocco, realizador da metragem.” IN – PrometoFalhar.com

IMG_2517.png

O livro “Prometo Falhar” já vendeu mais de 500 mil exemplares, um best-seller, portanto. O livro é descrito como um livro de amor. O amor dos amantes, o amor dos amigos, o amor da mãe pelo filho, do filho pela mãe, pelo pai, o amor que abala, que toca, que arrebata, que emociona, que descobre e encobre, que fere e cura, que prende e liberta. O amor“.

A estreia está marcada para o próximo dia 5 de julho nos Cinema City, em Lisboa, Setúbal, Sintra e Leiria.

c6cc8094c2dc07b700ffcc36d64e2138-754x394.jpg

NA FOTO: o escritor Pedro Chagas Freitas

cartaz-PF-2018-396x560.png

Luís Lourença, actor, fará uma participação no novo filme português.

voxpoptv.png

VEJA O TRAILER:

 

 

Nuno Artur Silva arrasa jornalistas e director da RTP e garante que iria acabar com a RTP Memória

img_818x455$2018_01_14_22_11_24_701135.jpg

Nuno Artur Silva critica jornalistas da RTP

Numa longa entrevista, Nuno Artur Silva diz que pensava ser recebido melhor do que foi quando chegou como administrador da RTP:

“Encontrei na RTP pessoas completamente desorientadas (…) quando nós chegamos com um projecto que nós julgávamos claro de serviço público, pensamos que íamos ter uma resposta mais positiva do que aquela que nós tivemos por parte dos trabalhadores da RTP”

Sobre o fim da RTP Memória, se continuasse na administração, Nuno Artur Silva iria acabar com o canal da memória de Portugal:

“Um dos projectos que eu defendi para o segundo mandato, que não chegou a ser inscrito, mas que eu pessoalmente defendi, era a médio prazo, transformar a RTP Memória numa RTP4 que seria um canal infantil”

Director de Informação e Jornalistas criticados:

“Eu sai com a sensação, que ficou muito para fazer (…) foi dentro da área do jornalismo  da RTP que eu encontrei gente mais instalada e ideias mais feitas , há muito trabalho para fazer aí”

BRONCA: Nuno Artur Silva arrasa José Rodrigues dos Santos

voxpoptv.png

Bronca!

Ex-administrador da RTP critica pivot do Telejornal!

Foi afastado da administração da RTP e, agora, decidiu soltar a língua em direcção aos profissionais da estação pública.

Numa entrevista que deu a Daniel Oliveira no seu canal de YouTube (Perguntar Não Ofende), Nuno Artur Silva, que foi afastado da RTP há pouco tempo, falou do jornalismo da estação pública.

Questionado sobre o estado da informação da RTP, o ex-administrador respondeu assim:

“Se eu fosse Director de Informação … primeiro a RTP Informação não deve ter 1 rosto, deve ter muitos e, se fosse Director de Informação, não é o José Rodrigues dos Santos o tipo de jornalista que representa aquilo que eu acho que deve ser o serviço público neste momento (…) não deveria ser o rosto do Telejornal em 2018, com aquelas características, sobretudo, digamos aquele estilo e aquele lado editorial que ele às vezes traz”