Mundial 2018: Cristina Candeias falou dias antes do jogo e os astros acertaram

33239212_1912098738823860_2966595406688944128_n.jpg

Cristina Candeias

Foi no passado dia 21 de junho que a astróloga kármica esteve nas manhãs da RTP1, no programa “A Praça”, com Sónia Araújo e Jorge Gabriel para falar sobre Cristiano Ronaldo e a evolução da Selecção Portuguesa de Futebol neste mundial.

Portugal jogou na passada segunda-feira contra o Irão e conseguiu passar aos oitavos-de-final.

“O Cristiano Ronaldo é especial. O ser especial prende-se com o planeta Neptuno no meio do céu, que grandes celebridades têm, que fala da imortalidade. A Amália Rodrigues também tinha … o José Mourinho também tem este aspecto. A força deste homem, que é uma inspiração para todos nós, vem de Marte em  Carneiro no ascendente, ou seja ele tem o Marte em regência. Que é uma força bruta. Marte é força, está ligado ao desporto- Leva tudo à frente. Marte está muito bem ligado a Plutão, que é mil voltes de energia. Quando o Mundial começou, e quando eu comecei a ver a prestação dele, eu arrepiava-me, e dizia que havia algo algo fora do normal, além de que ele é genial, é um fenómeno da natureza. Mas vi que este ano ele estava diferente e fui logo ver o que se passava astrologicamente: o planeta Marte estava no signo dele, o que fazia com que ele, aos 4 minutos, resolvesse o jogo. Ele tem resolvido os jogos ” – disse Cristina Candeias

E acrescentou: “A partir do dia 26 de junho, Marte entra na fase retrógrado, ou seja, perde força, isto está no ascendente de Cristiano Ronaldo, é evidente que o Ronaldo não é a selecção, mas leva a Selecção… é uma realidade. Este aspecto revela uma diminuição de energia, revela alguma violência, os jogos vão tornar-se mais agressivos. Onde, inclusivamente, essa agressividade pode traduzir-se em baixas, ou seja, poderão existir lesões nos nossos jogadores. A dificuldade vai aumentar, as coisas vão ficar bem mais dificeis”

nota: Cristiano Ronaldo começaria a perder toda aquela força que teve nos dois primeiros jogos, o que já se começou a verificar no jogo com o Irão.

E terminou dizendo, aquilo que se acabou por verificar no jogo do Irão, uma atitude violenta por arte dos jogadores sobre os jogadores portugueses: “O que eu digo é que as dificuldades vão aumentar, aquilo que, aparentemente, tem parecido muito fácil, essas situações vão deixar de acontecer. Vai haver muita violência, muito embate entre jogadores, muito encontrão, muita queda, batidas provocadas, este tipo de situações”

Pode ver o programa deste dia através do seguinte link, a partir do minuto 20:

https://www.rtp.pt/play/p4222/e352744/a-praca

 

 

Anúncios

Deixa o teu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s