Júlio Isidro: “A Sandra e as meninas foram muito maltratadas na loja NOS do Cascais Shopping”

Júlio Isidro irritado com a NOS

Uma alteração de tarifário acabou em reclamação e agressividade do gerente da Loja NOS no Cascais Shopping

“AGORA NOS
Nós cá em casa somos educados.
Nós não exibimos estatuto de diferentes só porque o pai trabalha na televisão.
Nós não gostamos de reclamar, de protestar, de polemizar. E muito menos de fazer queixas públicas porque nem tudo se pode tratar nos “balneários”.
A Sandra Isidro e as meninas foram muito maltratadas ontem na loja NOS do Cascais Shopping.

À quarta tentativa para resolverem as suas inscrições no tarifário WTF, depois de terem feito o pagamento à cabeça, há dois meses, foram abordadas pelo gerente, um jovem tão ambicioso na escalada na empresa quanto, rude, agressivo e arrogante, que , não as deixando falar, lhes disse, entre outras “elegâncias”:- Não percam tempo porque não vos devolvo o dinheiro – Vão às 63 lojas NOS para ver se alguma vos paga – Já perdi muito tempo convosco – voltando costas com a atitude imberbe do dever cumprido.

Mais. Afirmou que o tarifário WTF não era da NOS e que não tinha nada a ver com o vendedor do produto que, naquela loja, tinha convencido as meninas a entrar para este tarifário.

Eu sei que a administração da NOS é composta por jovens, desde o CEO senhor Miguel Nuno Santos Almeida.
Mas quero acreditar que querem que o negócio progrida com base num serviço feito de civismo e urbanidade.
Também não creio que a formação ou formatação dos colaboradores da empresa seja feita com os olhos postos exclusivamente no lucro , mesmo que isso custe algum bulling social.

Foi difícil que os funcionários da loja, entregassem o Livro de Reclamações. Depois de muitas fintas, a Sandra lá conseguiu manifestar por escrito o sentimento de humilhação a que tinha sido sujeita.
Dou comigo a pensar se este tarifário intitulado WTF não quer mesmo dizer o que costuma dizer. Parece que é um trocadilho de gosto duvidoso que significa Welcome to the future.

Mas fiquei sem dúvidas que para o jovem ( por enquanto poupo-lhe a identificação) arrogante e com pretensões a carreira fulgurante no meio, WTF era aquilo que ele dirigia à minha mulher e filhas.

 O slogan,deste tarifário, senhor CEO, é : – Tá-se tudo a passar!
Eu não me passo porque cá entre nós, o civismo é regra de ouro.
Não estamos apenas a pedir o dinheiro de volta, mas uma volta nestes comportamentos que podem fazer a NOS perder algum dinheiro. Cá com a família já está garantido.
– contou o apresentador da RTP

Anúncios

Deixa o teu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s