Festival RTP da Canção: José Cid e Rui Bandeira criticam canção vencedora

POLÉMICA

Depois da canção de Isaura e Cláudia Pascoal terem sido a escolhida para representar Portugal na edição deste ano da Eurovisão, eis que chega a opinião de José Cid e de Rui Bandeira, exs-concorrentes do Festival da Canção.

JOSÉ CID

“Se queríamos levar uma pessoa e canção que seja o completo oposto do Salvador Sobral, escolhemos a certa. Tenho-me rido [a ver a emissão], pela desafinação, pela falta de expressão vocal.

A meu ver, falta uma coisa que é gravíssima: perdemos a identidade política e cultural, esta canção não representa o povo e a cultura portuguesa. Chama-se ‘O Jardim’, não é? Só faltava ter sido cantada pelo Alberto João Jardim. Há um abismo entre o Salvador Sobral e esta coisa que é ‘O Jardim’. Não tenho orgulho em ser representado por esta canção, mas é o público que temos. Eu escrevi uma canção sobre Portugal, e aceitei humildemente a minha derrota, mas não era isto que eu esperava. Votei na canção seis”

RUI BANDEIRA

“Pessoalmente, não gosto. Acho que de canção não tem nada. A 14 é uma canção, e a seis também. As pessoas escolheram e acho que há uma coisa que está garantida: não vamos ganhar a Eurovisão.

É das canções mais fracas que já venceram o Festival da Canção. E ela canta lindamente, é uma excelente intérprete, é mesmo pela música. Para mim a que tinha mais hipóteses era a do Diogo Piçarra, que era parecida com outra, mas acredito que não fosse plágio, conhecendo o Diogo.”

Anúncios

Deixa o teu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s