Eurovisão da Canção 2018: RTP diz que apresentadores “podem ou não pertencer a outros canais”

Festival Eurovisão da Canção 2018 – Lisboa, Portugal

Os responsáveis da RTP não fecham a porta a uma possível presença de apresentadores da SIC ou da TVI na apresentação do grande evento da canção europeia.

É em janeiro que se irá saber quem serão os apresentadores da 63ª edição do Festival Eurovisão da Canção mas, a surpresa no discurso do director criativo da RTP, Gonçalo Madaíl, deixou no ar a hipótese da presença de rostos dos outros canais privados no maior evento musical da Europa:

“Este é um evento nacional e tem um orgulho próprio. Todas as pessoas que podem vir a compor este grupo podem ou não pertencer a outros canais”

Foi esta tarde que a estação pública apresentou o tema da Eurovisºao:

“São 12 as opções gráficas escolhidas para identificar a edição portuguesa do Eurovision Song Contest. Representam diversidade, respeito e tolerância e serão criativamente adaptadas à comunicação do evento.”

23316526_10155071885277057_4459122336505772422_n.png

“All Aboard” (“todos a bordo”) foi o slogan escolhido pela a organização, devido à presença do mar em Portugal. Uma concha azul, em espiral, é o logotipo apresentado pela a RTP. o Director de arte da RTP, Nicolau Tudela, foi o responsável pela criação dos logotipos.

 

Seguem-se as novidades, já que, para que mais pessoas tenham acesso ao maior evento do mundo da música, a Eurovisão vai ser alargada a vários pontos da cidade.

 

Eurovision Village: o Terreiro do Paço foi pensado para todos os que não conseguirem lugar nas semifinais e final da Eurovisão e será palco de noites temáticas, espetáculos ao vivo, programação musical de vários géneros e para vários públicos, terá um ecrã gigante, ativações de marca, um “Eurovision Café”, animação de rua e um estúdio da RTP, especialmente preparado para emissões especiais.

 

Euroclub: um espaço de diversão noturna com atuações, festas e DJs. Apenas os fãs e a imprensa devidamente acreditada terão acesso, assim como as respetivas delegações e, naturalmente, os artistas dos vários países. Nuno Galopim garante que será à beira-mar, apesar de o local ainda não estar definido.

Blue Carpet: será a cerimónia oficial de abertura do Festival da Eurovisão na cidade de Lisboa e vestir-se-á de azul para o desfile dos artistas, das delegações e dos comentadores das estações de televisão de cada país.

 

Programas Sociais: para que as delegações dos 41 países que visitam Portugal conheçam a cidade de Lisboa.

 

Presença de marca: a cidade ficará “vestida” de Eurovisão, através da imagem gráfica especialmente desenhada para o evento por Nicolau Tudela, diretor de arte da RTP.” – IN RTO

Anúncios

Deixa o teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s