Anabela Mota Ribeiro fala sobre os incêndios

Anabela Mota Ribeiro

“Não encontro nenhuma palavra. Dizer solidariedade, dizer tragédia, dizer estou convosco é nada. Pode ser que não seja, não sei. Lembrei-me dos livros da Svetlana Alexievich. A nossa tragédia não é a de Chernobyl, não se comparam tragédias. Lembrei-me pela dificuldade em abarcar o que nos acontece, de como ela fala disso. E de não encontrar palavras para dizer algo, fazer algo, entender. Gostava de poder dizer como este horror nos horroriza a todos, de uma maneira que trouxesse algum conforto, amparo, se o houvesse, se o houver. Viver às vezes é tão difícil. O mundo fica um não-mundo.” – escreveu Anabela Mota Ribeiro

Anúncios

Deixa o teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s