Júlio Isidro despede-se de Fernanda Borsatti

Morreu a actriz Fernanda Borsatti!

O país está de luto! Morreu uma das melhores actrizes portugueses de que há memória. Tinha 86 anos de idade.

O apresentador da RTP, Júlio Isidro escreveu um texto em modo de homenagem à actriz:

“A MINHA VIDA NÃO INTERESSA A NINGUÉM!

Assim me respondeu há cinco anos a Fernanda Borsatti quando a convidei para ser minha entrevistada no Inesquecível.

Argumentei.

Que tinha uma carreira fantástica, aquela série de 1958 “Enquanto os dias passam” com a Lourdes Norberto, a Catarina Avelar, a Alina Vaz, a Florbela Queiroz, o João Lourenço…todos vivos…

Mas eu não tenho nada para dizer – acentuou um pouco enfadada.

Voltei à carga.

Vi-a no “Passa por mim no Rossio” onde fez vários bonecos maravilhosos…

Fiz, ficaram feitos, já morreram – Ainda mais seca.

Tentei uma última cartada.

Aquela Dona Aninhas do Ó no filme “A vida é bela” era muito engraçada….

Pois se a vida é bela, para mim já não é. Estou em casa, não quero sair e a actriz é passado- Quase a desligar.

Querida Fernanda Borsatti.

Deu-me tampa e não quis fazer comigo uma viagem sobre uma carreira tão cheia quanto a sua vida.

Tenho muita pena, mas tenho ainda mais pena que nos tenha deixado porque, mesmo que me diga o contrário, a sua vida interessa a muita gente.

Não falou comigo em directo mas um dia destes lá do alto das nuvens, vai ver-se na Memória.

São vidas como a sua (e não os mexericos de certas existências) que ficam para a nossa história.

“Enquanto os dias passam” estes, tumultuosos e tão carentes de ideais, há gente que vai ficando. É o seu caso.

E agora desligo eu porque me comovo com estas coisas” – Júlio Isidro

Fernanda Borsatti nasceu na cidade alentejana de Évora, a 1 de Setembro de 1931.

Carreira

Passou pelo Teatro Maria Vitória, Companhia Laura Alves, Companhia Raúl Solnado, Teatro Maria Matos e Casa da Comédia.

Tem uma carreira firmada no teatro. Entre muitas outras, a actriz participou em peças como:

A sua experiência cinematográfica cimentou-se igualmente ao longo das décadas. Trabalhou com realizadores como Henrique Campos e José Fonseca e Costa. Participou em longas-metragens como:

Participou em várias telenovela da RTP e da TVI, em séries da RTP e da SIC.

“Doce Fugitiva”, da TVI, foi a última telenovela onde participou.

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. joaquim henrique coimbra rodrigo disse:

    E o Julio como sempre com a palavra certa para o momento certo: MAIS UMA MEMORIA QUE O TEMPO NÃO
    VAI APAGAR DA NOSSA MEMMORIA COLECTIVA .TRISTEZA MAIOR É ESTE PAÍS CONTINUAR A TRATAR MISERAVELMENTE OS NOSSOS ARTISTAS. DESCANSA EM PAZ FERNANDA.

    1. VOX POP TV disse:

      A VOX POP TV agradece o seu comentário. E, realmente, é triste que neste país, quem manda, não aproveite o talento destes grandes profissionais.

Deixa o teu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s