Manuela Bravo divulga texto a Salvador Sobral

Manuela Bravo divulgou texto que tem como destino Salvador Sobral e o Festival RTP da Canção. Leia o texto na íntegra.

“Caro Salvador,

“Não sejas mau para mim”, e desculpa “Esta balada que te dou”, mas tens de conhecer a história do nosso Festival da Canção. Tens de saber “Como Tudo Começou”.

Foi em 1964, com o António Calvário, numa “Madrugada”, com “Sol de Inverno”. Tivemos grandes músicas e intérpretes, e só um cantou em “Playback”. No entanto aos olhos dos outros, as nossas músicas andavam sempre à deriva, “Neste barco à vela. Eis senão quando, num dia em que muitos estavam em “Oração”, os irmãos Sobral, colocaram “Portugal No Coração”. Sim, porque o mérito tem de ser atribuído a “Ele e Ela”.

A tua irmã, qual “Menina do Alto da Serra”, por quem nutres certamente “Um Grande, Grande Amor”, criou uma música sublime e diferente, um verdadeiro “Amor D’Água Fresca”. Depois dos primeiros acordes houve alguém que a meu lado disse “Dança Comigo (Vem Ser Feliz)”. “Quero ser tua”. Durante a tua interpretação meio mundo ficou em “Silêncio e Tanta Gente” chorou …! Encheste “Todas as Ruas d(e) Amor”.

Findas as ““músicas”” pensei: “Deixa-me sonhar (só mais uma vez)”. E depois, os votos começaram a cair, “Dai-li, Dai-li Dou” e foi tal e qual um balão “Sobe, Sobe, Balão Sobe”.

Felizmente “Há dias assim”!

Foste o verdadeiro “Conquistador”. A vitória foi melhor que “Baunilha e Chocolate”, que já por si é “Bem Bom”. “Foi Magia”! Foi uma verdadeira “Tourada”, ou melhor, a “Desfolhada Portuguesa”. Finalmente “O Vento Mudou”. Pode ser que assim o país volte a “Chamar a música”.

Agora há para aí muito boa gente que “Pens(a) em Ti, eu sei”! “Há sempre alguém” pronta a criticar, já sabes. É a “Lusitana Paixão”! Quem nunca teve “Sonhos mágicos”? Quem nunca aproveitou a “Festa da vida”? Muitos são pseudo musicólogos armados em “Flor de Verde Pinho”.

Estou em completo desacordo. Aliás “Há um mar que nos separa”. Queres um conselho? Não ligues pêva! São “Coisas De Nada”. Diz-lhes a “Vida (é) minha”. “E Depois do Adeus” let’s JAZZ…

Muitos dos que te criticaram vão esperar pelo “Verão”, para, sorrateiramente, assistir aos teus concertos, estilo “Onde Vais Rio Que Eu Canto”

Meu caro, “Se Eu Te Pudesse Abraçar”…! Obrigado por tudo. Mas “Antes do adeus”, deixa-me só dizer mais uma coisa. Continua a tua luta… “A Luta É Alegria”!

Desculpa o desabafo, mas “Só sei ser feliz assim”.

Texto: Romeu Lopes”

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. maria luisa ponce campos disse:

    Bonito e,muitosincero texto de Manuela Bravo a Salvador Sobral…ensinando e relembrando tempos passados. Obrigada.

  2. Ramos Vitaliana disse:

    bravo bravo a inveja começa a circular mas esta senhora diz tudo 👏👏👏☺os irmãos estão de parabéns a irmã foi também sublime 👏👏👏😊

Deixa o teu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s