Estreia | “Mais e Menos” – o melhor e o pior da nossa TV

Estreia

A partir de hoje e, semanalmente, haverá uma nova rubrica no nosso/vosso site de eleição.

Com assinatura de Rui L.L. Cohen, neste novo espaço de opinião serão analisados os programas que merecem a nota “Mais” e aqueles que merecem a nota “Menos“.

Mais

»O Preço Certo” – RTP1:   este é o verdadeiro programa do povo em Portugal. Quase se pode dizer que às 19h00 Portugal pára para ver o programa do “Gordo” como o público chama carinhosamente a Fernando Mendes. É a galinha dos ovos de ouro da RTP1 que a actual direcção e administração quis acabar, tal como a VOX POP TV noticiou em exclusivo.

Os portugueses revoltaram-se e entupiram a  RTP de críticas e Daniel Deusdado e Nuno Artur Silva não tiveram outra hipóteses senão recuar na decisão. Fernando Mendes moldou o formato à sua maneira de ser e resultou.

Aproximou o público da RTP1 e faz as delícias de miúdos e graúdos durante uma hora. É a companhia de tantos e tantos portugueses que, por vezes, vivem com a solidão e que, por uma hora, esquecem o que é ser solitário por essas aldeias, vilas, cidades e montes portugueses. As assistentes e o assistente também são importantes, pois o público sabe bem os seus nomes e nem o Betão já passa despercebido, enquanto Miguel Vital acaba por ser o co-apresentador do programa e tem imensa química com o público da plateia e com o público lá em casa. Digam o que disserem, “O Preço Certo” é serviço público de televisão.

10018020193_68f953aebd_z-640x425.jpg

»Agora Nós” – RTP1: durante esta semana, José Pedro Vasconcelos apresentou, na maior parte dos dias, sozinho o programa das tardes úteis da estação pública e, por 3 dias consecutivos, sem a companhia da Tânia Ribas de Oliveira, conseguiu vencer o novo programa das tardes da SIC e João Baião e Rita Ferro Rodrigues. É obra! Se dúvidas havia sobre o profissionalismo do Zé Pedro, ficam agora desfeitas.

Temos apresentador! Nada fica a dever a um João Baião ou até mesmo a um Manuel Luís Goucha, pois também ele faz o seu trabalho de casa, estudo bem os assuntos tratados no programa e demonstra ser um homem bem informado e culto.

thumbs.web.sapo.io.jpg

»Alta Definição” – SIC: É um dos programas mais visto na estação de Carnaxide e o mérito vai todo para Daniel Oliveira que sabe cativar o público.

A RTP já o teve mas deixou-o fugir, de novo, para a SIC. É um valor seguro, um profissional inteligente, criativo e um homem onde as ideias fluem naturalmente. Não é à toa onde mete a mão, por norma, é sucesso garantido. É, de facto, uma mais valia para a SIC… oxalá que o saiba valorizar e não o deixe ficar agarrado aos formatos que há anos ajuda a colocar no ar com sucesso. Já merece mais.

apresentador_0.jpg

»Iva Domingues” – TVI: Para o director geral da TVI, Iva Domingues é uma apresentadora de segunda linha mas, quando substitui Fátima Lopes no programa “A Tarde é Sua” mantém a liderança de audiências e, por vezes, até tem mais público que a sua colega. Já perguntou a Bruno Santos porque razão não tem outro tipo de oportunidades, o director da TVI respondeu-lhe que não tem assim tantos formatos nos quais a possa encaixar. Mentira! Bruno Santos prefere os mesmos de sempre porque, segundo o próprio, garantem-lhe segurança. Mas, ainda sobre Iva Domingues substituir, por vezes, a Fátima Lopes: manter no ar um programa de 3 horas, por vezes mais, no ar, em directo e fazer bem, não é provar a segurança de um apresentador? Não é isso que Iva Domingues tem demonstrado ao seu director? Vejo aqui má vontade, não acredito que seja outra coisa … é pena! Porque vejo o esforço que Iva Domingues tem feito para poder ser a escolha de novos projectos na TVI mas que teimam em não lhe dar oportunidades.

GI07150616NUNOCANHOTO0008-800x450.jpg

Menos

»Daniel Deusado” – RTP1: Dos 4 canais generalista, Daniel Deusdado tem demonstrado ser o pior director de programas. De repente, coloca Malato na prateleira e depois remeteu-o para o horário do meio-dia para o calar.

Na apresentação dos concursos só vê Pedro Fernandes à frente, e à frente irá continuar uma vez que vai apresentar a nova edição do “Got Talent Portugal”. É um facto, actualmente, só dá Pedro Fernandes e Filomena Cautela na RTP, ou não fossem grandes amigos do administrador Nuno Artur Silva. A estação pública continua sem rei nem rock, dirigida por tipos que não lhe querem bem, querem sim, fazer favores aos amigos por entre tachos e tachinhos.

As séries continuam a custar milhões e a serem flops de audiência. Já dizia Emidio Rangel quando esteve na RTP “serviço público, sem público não faz sentido“. E não faz mesmo! Se no final deste ano o accionista não colocar os actuais directores e administradores na rua, é porque quer, de novo, uma nova RTP com um pé na bancarrota.

daniel-deusdado.jpg

»Juntos à Tarde” – SIC: Estreou há mais de uma semana, na SIC, o novo programa das tardes úteis do canal, onde Gabriela Sobral, directora da SIC, prometia mundos e fundos …  o que se viu? Mais do mesmo!

A continuação do mesmo apresentador, João Baião, rubricas parecidas, para não dizer, iguais ás da TVI e uma dupla que não funciona, por mais amigos pessoais que sejam, por vezes, só isso não chega. A primeira semana foi, quase todos os dias, em terceiro lugar, atrás da RTP1 e da TVI.

E ainda apontavam o dedo à Andreia Rodrigues, culpando-a dos maus resultados do anterior programa, o “Grande Tarde”… o actual programa tem feito piores audiências do que o anterior que Andreia Rodrigues apresentava ao lado de Baião … imagino as gargalhadas que a Andreia não deve ter dado por estes dias … e o peso que lhe saiu de cima. Pois é … o karma é tramado, não é cara Gabriela Sobral?

rtyuiop

»Bruno Santos” – TVI: Fica muito mal a um director geral dizer que tem apresentadores de primeira e de segunda. Mesmo que os hajam, não se deve dizer até porque, por vezes, têm de ser os apresentadores de segunda a estar disponíveis para “apagar” os fogos que aparecem de urgência no canal. Bruno Santos, da TVI, esteve muito mal ao dizer isto numa grande entrevista ao grupo Impala. Não se faz! Não se diz! Um líder deve ter o dom de motivar e não o contrário.

Os profissionais são o activo que um canal pode ter de melhor, pois são eles que fazem a ponte entre o público e o próprio canal.

+lmknj bnk

Advertisements

Deixa o teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s