Perfis da rede social burlam direitos de imagem

Está a crescer o número de perfis de Facebook que disponibilizam conteúdos desportivos na rede social de forma totalmente gratuita.

Os utilizadores aproveitam-se da funcionalidade que permite partilhar vídeos em direto para burlar os direitos de imagem e transmitir jogos das ligas europeias de futebol e de competições internacionais como a Liga dos Campeões e a Liga Europa. Depois das transmissões, as páginas são de imediato apagadas e novos perfis são criados para a emissão pirata de mais uma partida, utilizando o sinal do canal de televisão que a está a transmitir.

Uma situação que está a preocupar as organizações desportivas internacionais, os detentores dos direitos de transmissão e as associações de combate à pirataria, que têm contado com a colaboração da empresa de Mark Zuckerberg. “O MAPINET [Movimento Cívico Anti Pirataria] tem contactos privilegiados no Facebook, já falámos com eles e estamos a trabalhar a situação”, revelou ao CM o diretor-geral Carlos Eugénio. “Em Portugal, esta ainda não é uma situação muito comum. Mas já existem ferramentas que permitem bloquear o ‘streaming’ na hora. É mais fácil bloquear um vídeo em direto do que eliminar um link”, acrescentou.

O CM tentou obter uma reação da representação do Facebook em Portugal, sem sucesso até ao fecho da edição.

Segundo o ‘El País’, em Espanha há emissões que já contam com mais de 4 milhões de visualizações. E o fenómeno está a surgir também no Twitter.

IN, CM

Advertisements

Deixa o teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s