Sexta-Feira negra para a RTP1

18864727_W0533.png

O dia de ontem foi negro para a RTP1. Uma sexta-feira negra para todos os seus programas.

Estes foram dos piores resultados, no que diz respeito a audiências, dos últimos anos da RTP1. Há muito que não se via um dia tão fraco, com tão pouco público.

Ontem, dia 29 de abril de 2016, todos os programas ficaram abaixo dos 600 mil telespectadores.

Telejornal: 5,7% rat // 14,1% share » 541 500 espectadores

Sexta às 9: 5,7% rat // 12,4% share » 541 500 espectadores

Direito de Antena: 5,1% rat // 14,6% share » 484 500 espectadores

O Preço Certo: 4,6% rat // 15,5% share » 437 000 espectadores

Jornal da Tarde: 3,8% rat // 17,6% share » 361 000 espectadores

Portugal em Direto: 2,3% rat // 10,8% share » 218 500 espectadores

Quintino Aires pode ser suspenso e tem dívida nas Finanças

2015-03-06-JO-QUINTINOAIRES12JPG.jpg

O psicólogo Quintino Aires pode ter a carreira em risco, tudo porque aguarda uma resposta do Tribunal referente a um processo de suspensão devido as declarações que proferiu na rádio e na televisão.

Actualmente Quintino Aires tem “à perna” 3 processos do Conselho Jurisdicional da Ordem dos Psicólogos Portugueses, sendo que já recebeu as 3 sentenças. Mas, uma dessas sentenças está pendente devido à impugnação por parte do conhecido psicólogo, que está em avaliação no Tribunal Administrativo.

Dos 3 processos, houve um que resultou numa pena de repreensão “suspensa por um período de dois anos ao Doutor Quintino Aires por violação de normas do Código Deontológico relativas a declarações”. Esta repreensão remonta ao ano de 2012 e às declarações que proferiu acerca do concorrente João J., da Casa dos Segredos 2, da TVI, quando o jovem concorrente, de 26 anos revelou ser virgem. No programa “A Hora do Sexo“, da rádio pública Antena 3, o psicólogo disse que ” não se dá os parabéns a alguém com 26 anos que ainda não iniciou a vida sexual. Se tem um problema, trate-se “. Quintino Aires ainda aconselhou os ouvintes da Antena 3 a dizerem “não a estas patologias sociais” uma vez que, considera a virgindade um problema de “saúde pública“.

Mas Quintino Aires voltou a surpreender e a revoltar os portugueses, quando comentava um caso de violência doméstica onde defendia, em parte, que as mulheres também têm culpa, por não agirem contra o agressor ou contra a situação em que se encontram. Daqui surgiu um novo processo contra o psicólogo que está suspenso devido à impugnação de Quintino Aires, embora esteja registada.

A 27 de outubro de 2014 Quintino Aires é alvo do Conselho Jurisdicial da Ordem dos Psicólogos Portugueses, na qual resultou duas sentenças aplicadas. Uma dessas duas sentenças resultou  numa “nova pena de repreensão“, já a outra infracção, bem mais grave, pode resultar numa suspensão de funções:

“A 27 de outubro de 2014, foi aplicada uma nova pena de repreensão, também por violação de normas do Código Deontológico relativas a declarações públicas, e uma pena suspensão pelo prazo de 3 meses por violação de normas do Código Deontológico da Ordem dos Psicólogos Portugueses relativas à prática profissional.”explicou uma fonte da Ordem

Quintino Aires e a Zoofilia

A infracção que corresponde a uma nova repreensão refere-se à opinião de Quintino Aires sobre a zoofilia, onde numa entrevista referiu que “Fazer sexo com animais aumenta a ligação entre o ser humano e a Natureza. Pelo que está claro que não devemos considerar a zoofilia uma perversão, mais sim uma celebração das nossas origens. No fundo somos todos animais.”

Já a infracção que pode acabar em suspensão refere-se ao que o psicológo disse a duas mães de duas crianças, às quais aconselhou as crianças a suspender a medicação prescrita por um psicoterapeuta, algo que está fora das competências de Quintino Aires, uma vez que não está autorizado a prescrever medicamentos, muito menos a suspender a toma de medicação.

Nas Finanças, o nome do psicólogo – Joaquim Maria Quintino Aires –  aparece na lista de devedores na categoria  das pessoas que devem entre 7500€ e 25 000 € ao Estado.

 

Goucha elogia Júlio Isidro

xpquqowxx187366pnpasnjhx9zku.jpg

O apresentador da TVI, Manuel Luís Goucha voltou a ganhar este ano o Troféu TV7 Dias de Melhor Apresentador.

A concorrer na mesma categoria na qual Goucha estava nomeado, estava, entre outros nomes, Júlio Isidro que é para o apresentador da TVI “uma grande inspiração“.

Mas, para Manuel Luís Goucha, quem deveria ter ganho o Troféu de Melhor Apresentador era o apresentador da RTP, Júlio Isidro:

“Este ano acho um bocado disparatado, achava que era o Júlio Isidro que devia ganhar. (…) Votava no Júlio Isidro. (…) Acho que ganho pela visibilidade. Necessariamente, tenho mais pessoas a verem-me do que possivelmente o Júlio Isidro na RTP Memória. Ele te 71 anos e está em antena. É uma força. Eu estou a dez anos dele. É muito inspirador saber que aos 71 anos, em Portugal, alguém está em antena com dedicação, com paixão, com credibilidade. Esse alguém é o Júlio Isidro. Ele merece todos os prémios.”, disse o apresentador da TVI.

 

A viagem do Ter ao Ser

10485772_1178233515529499_5881886269065369736_n

Foto: Cristina Candeias e Tânia Ribas de Oliveira

A viagem do Ter ao Ser

Toda esta viagem do ter ao ser leva muito tempo, por vezes até décadas, pois a grande dificuldade do ser humano é abrir mão do velho ego.
Desde que nascemos somos condicionados por tudo que nos rodeia, a família, o local onde crescemos e como vivemos vai determinar os nossos padrões inconscientes, que nos vão condicionar mais tarde os nossos comportamentos.

Cada vez mais a nossa sociedade e os padrões desenvolvidos por ela nomeadamente os socio económicos levou cada vez mais o ser humano entrar num labirinto sem fim de insatisfação, medo, complexos.

Para sermos aceites socialmente temos que ser magros, bonitos, ter um cargo de Ceo, educação e cursos diferenciados, carro de status, casa, etc. uma lista sem fim de condicionalismos que levou o ser humano numa corrida ao consumo a ter que mostrar ao mundo que o seu valor e respeito do próximo em relação a si dependia do que tinha, não do que era enquanto Alma.

Cada sucesso que era atingido, o ser criava logo novo patamar, nova ambição, nova insatisfação e continuava nessa corrida incessante em busca sempre de ter algo mais.

“Quando deus quer castigar os homens, satisfaz-lhe os desejos” Buda

Toda esta necessidade desenfreada de ter que vencer, conquistar, comprar levou a que o ser entrasse numa espiral de angústia, descontentamento, temor que o levou inevitavelmente a viver depressões (situações que não aceitamos na nossa vida) e por consequência ou ao disparo em flexa de consumo de ansiolíticos e antidepressivos duplicam a cada ano que passa.

Desde 2008 entramos numa fase de queda e perda das estruturas socio económicas que veio abalar, todo um estilo/comportamento de vida que deixou de ser compatível com os padrões de status vividos até então.

Vivia-se na fase da futilidade e do status, mas através, das perdas o ser humano foi obrigado a olhar para dentro de si, a encontrar respostas e a encontrar realmente tudo aquilo que alimenta a sua alma.

Toda esta viagem do ter ao ser leva muito tempo, por vezes até décadas, pois a grande dificuldade do ser humano é abrir mão do velho ego, pois vive cristalizado dentro dos seus valores e padrões.

Tudo isto é revelador de uma grande carência em termos emocionais e afetivos que levou as pessoas a quererem compensar materialmente, continuando a existir um enorme vazio interior.

As pessoas mais felizes são as que vivem sem expetativas, não tem necessidade de mostrar ou provar algo seja a quem for, porque acima de tudo se amam, se valorizam pelo que são, não pelo que possuem.

Esta é a grande viagem que o ser humano está a ser obrigado a fazer nesta última década.

Cristina Candeias

Sobre a autora:

Cristina Candeias

Astróloga desde 1996, é uma das caras mais conhecidas da astrologia nacional.

Consultas Presenciais no Porto e Lisboa

Tlm: 96 455 33 53 – 91 696 54 53

E-mail: cristina.candeias2007@gmail.com

http://www.cristinacandeias.pt/

Daniel Oliveira foi forçado a explicar-se, depois de ter sido agressivo

19019387_gpNou

Primeiro, a transmissão do Passadeira Vermelha enfrentou alguns problemas técnicos… Os responsáveis do programa deram explicações na sua página no Facebook.

Na rede social, dispararam comentários de indignação.

Daniel Oliveira não gostou destes exageros, e respondeu, assim: “Cara Eunice Vasconcelos, mas um programa gravado trata-se de um crime? Já tivemos mais de 500 emissões e aconteceu um problema técnico alheio ao Passadeira Vermelha. E daí que seja gravado? Não percebo o seu comentário, embora talvez seja justificado pelo seu imenso conhecimento das áreas técnicas e tecnológicas da televisão. Com os melhores cumprimentos. Daniel Oliveira”.

Ora, os seguidores não gostaram nada desta resposta, e acusam Oliveira de ser quase, quase, mal educado…

Daniel Oliveira viu-se obrigado a responder: “O tom e conteúdo da resposta derivou da ironia, desdém e arrogância que a motivou. O programa prestou um esclarecimento precisamente devido ao respeito que os espetadores nos merecem. Fizemo-lo como podem calcular ao mesmo tempo que se tentava resolver uma questão de um canal estar a negro na emissão, uma das situações mais graves que podem acontecer. Nada teve a ver com o facto de o programa ser gravado, mas com uma questão tecnológica que tem a ver com a mudança de sistemas e de instalações que está a ser operada na SIC.

O desdém do comentário da espetadora em causa nada tem a ver com a relação canal/espetador, mas com educação e respeito pelo trabalho das pessoas que aqui trabalham, como se um programa gravado fosse menos digno, desse menos trabalho ou não tivesse exatamente de ser desta forma em determinados dias. Enquanto diretor do canal vou continuar a defender as pessoas e as decisões aqui tomadas. Os espetadores merecem-nos o maior respeito, mas creio que todos concordaram que aqueles que não nos respeitam também podem ler uma resposta. Ninguém ficou mais aborrecido com a situação do que eu, como devem calcular. O problema está resolvido e o programa será emitido esta sexta-feira de manhã, estando acessível nos outros dia”.

Esclareceu o apresentador e director do canal SIC Caras.

VOX POP TV / NovaGente

Polémica: Simone de Oliveira nega ter escrito texto sobre Gabriela Sobral da SIC, no FB

2012-03-08-simone-de-oliveira.jpg

A cantora garante não ter sido a autora da publicação no Facebook que critica duramente a diretora SIC Gabriela Sobral. Simone de Oliveira adianta ter uma amiga responsável pela gestão da sua página.

“Uma rapariguinha de nome Gabriela Sobral não gosta de mim”, começava por contar Simone de Oliveira, perto das oito da manhã, recorrendo à sua página oficial de Facebook. Contudo, a publicação, que chegava a associar a suposta atuação da diretora de produção e coordenação da SIC a ideais defendidos pelo Estado Novo, não foi escrita pela cantora de 78 anos.

Em declarações à nossa publicação, Simone de Oliveira garantiu não ter sido ela a autora do texto, que já contava com centenas de comentários e partilhas: “Não fui eu que escrevi, sou incapaz de o fazer, sou demasiado educada.” Simone nem sequer sabia que centenas de fãs lhe estavam a transmitir força na caixa de comentários, pois raramente utiliza aquela rede social: “Quem gere a página é uma amiga – Fátima [Bernardo, agente de Simone]. Não faço ideia do que se trata a publicação.” Ao que a nossa publicação conseguiu apurar, o texto versava sobre um alegado veto a Simone de Oliveira por parte de Gabriela Sobral, nomeadamente em relação a uma possível atuação na gala dos Globos de Ouro, a 15 de maio.

Ao nosso jornal, Simone revelou que vai marcar presença na gala, mas que nunca lhe pediram para atuar no evento. Simone garantiu ainda não conhecer pessoalmente a diretora da estação de Carnaxide: “Não existe qualquer relação entre mim e a Gabriela. Gostava muito de lhe dizer que não fui eu que escrevi aquele texto”. No entanto, Simone de Oliveira revelou que Gabriela Sobral já terá rejeitado participações suas em formatos do canal: “Sei que sobre eventuais participações minhas ela disse ‘não. A Simone não'”.

Simone de Oliveira mostrou-se surpreendida com a situação e revelou que estava a tentar em contacto com a sua gestora de redes sociais. O nosso jornal tentou, sem sucesso, até ao momento, obter uma reação tanto de Fátima Bernardo como da responsável da SIC, Gabriela Sobral.

Ao final da tarde desta sexta-feira, sabe o JN, Simone de Oliveira entrou em contacto com Gabriela Sobral. A cantora explicou não ter sido a responsável pela publicação na sua página de Facebook, tendo a responsável da estação de Carnaxide desvalorizado o episódio.

In, JN

Passadeira Vermelha: Daniel Oliveira atacado no Facebook

15892457_I2ZAK.jpeg

Na noite de ontem, a emissão do canal SIC Caras teve alguns problemas técnicos durante a transmissão do programa “Passadeira Vermelha” e, de imediato, nas redes sociais surgiram várias críticas.

Daniel Oliveira, o responsável por este canal da TV por cabo da SIC, não gostou de alguns comentário e decidiu responder, ao mesmo tempo explicando a situação.

A emissão da SIC Caras ficou a negro. Este é dos problemas técnicos mais graves que podem acontecer numa emissão televisiva “uma das situações mais graves que podem acontecer”, disse Daniel Oliveira.

OriginalSize$2016_04_29_12_48_37_120604.jpg

Daniel Oliveira confessa que ficou desagradado com “o desdém e arrogância” de uma uma fã do programa na página de facebook.

 

 

Tânia Ribas de Oliveira: “hoje faz anos o meu amor”

2010-10-26-tania-ribas-de-oliveira-e-joao-cardoso.jpg

João Cardoso, completa, no dia de hoje, 34  anos de vida, tal como a VOX POP TV anunciou ontem, depois da meia-noite, na rubrica “Feliz Aniversário“.

E hoje, a apresentadora da RTP Tânia Ribas de Oliveira, esposa do judoca português, não deixou a data passar em branco e, através do seu Blogue “O Nosso T2“, escreveu um lindo texto.

“Hoje faz anos o meu João

Hoje faz anos o meu João. O meu amor. Faz anos e merece o mundo, por ser um homem maravilhoso. Namoramos há mais de dez anos, estamos casados há quase sete. Temos dois filhos incríveis, educados com muito amor. Muito, todo o amor.

Estamos sempre, um para o outro.

Um com o outro.

Um e o outro.

A minha vida faz muito mais sentido por ser partilhada com ele. Com ele e com os maiores presentes que nos poderíamos ter dado: o Tomás e o Pedro. Posso ser feliz a fazer muita coisa, e sou. Mas nada, nada, me faz sentir tão Tânia, tão inteira e plena, como os momentos em que estamos os quatro em família.
O meu João faz anos hoje. Éramos uns miúdos quando nos conhecemos. Gostámos logo muito um do outro. Muito. E apaixonámo-nos de repente. De repente ja não queria sair mais de perto dele. Do abraco dele. Das noites de conversa até de manhã. Dos dias de trabalho à espera que fosse noite para o ver. Das noites em que noite dentro nos descobríamos mais um bocadinho. Dos dias de férias. Das viagens. Das muitas, tantas e nunca suficientes gargalhadas que ele me faz dar. Por detrás de uma pessoa aparentemente reservada, está alguém com imenso sentido de humor. E um profundíssimo sentido de amar. Sabe amar e proteger, o meu João. Eu posso ser a força da natureza, que rema contra ou a favor das marés desde que seja para a felicidade dos que amo… mas ele é, seguramente, o farol. Sem a luz do João, tudo seria mais triste. Mais difícil. Menos, muito menos feliz.

Poderia também falar sobre ele como pai. Mas prefiro que sejam os nossos filhos a fazê-lo, entre beijos e abraços, a brincar com balões ou a colar cromos na caderneta da Patrulha Pata.

Hoje faz anos o meu João e o dia é dele. Todinho. Parabéns, meu Amor!

Um dia muito feliz. Uma vida longa e linda!

Tua,

Tânia!, escreveu Tânia Ribas de Oliveira

joao-anos-o-nosso-t2.jpg

 

 

Escritor José Luís Peixoto arrasa TVI

27754_112091078834895_1702620_n.jpg

O escritor entrou no meio da polémica que tem envolvido a TVI, Fátima Lopes e o programa “A Tarde é Sua”.

Foi através da sua página de facebook que o escritor falou sobre o polémico vídeo, que tem agitado as redes socias, e que a VOX POP TV deu a conhecer na passada segunda-feira,

JLP.png

 

“Uma dúvida: no total, quanto tempo (por dia ou por semana) passam os canais portugueses a anunciar chamadas de valor acrescentado?
Outra dúvida: quando referem o valor dos prémios em “moeda antiga” será que estão a vender esse jogo aos aposentados, os mesmos que nos últimos anos perderam bastante das suas reformas?
Outra dúvida ainda: vale tudo?”, escreveu José Luís Peixoto

“Água de Mar” vai regressar à RTP1

10462745_796369677063292_7490228724156407793_n.jpg

Depois de chegar ao fim a telenovela “Os Nossos Dias“, por vontade da nova direcção de programas da RTP1, Daniel Deusdado decidiu apostar na repetição da série “Bem-Vindos a Beirais” mas sem sucesso. Com esta estratégia falhada, a RTP1 perdeu o segundo lugar no horário das 14h00 e passou para último.

Assim sendo, a partir do dia 2 de maio, próxima segunda-feira, a RTP1 tem a seguinte programação:

14h15 – Bem-Vindos a Beirais I (Repetição)

15H00 – Água de Mar (Repetição)

16h00 – Agora Nós (Directo)

TVI lança caça aos seus conteúdos | VOX POP TV

Sem Título.png

Foto: Internet | TVI

A TVI está a surpreender, pela negativa, os seus telespectadores e fãs ao lançar uma caça aos seus conteúdos na internet.

Muitos são os fãs e seguidores dos programas da estação de Queluz de Baixo  que decidem abrir páginas no facebook sobre conteúdos da TVI designadas com “Página de Fãs” mas, para o espanto dos seus criadores, assim que a TVI as descobre, decide denuncia-las ao facebook como sendo propriedade sua. O facebook acaba por as encerrar e, por avisar ou castigar os criadores deste tipo de páginas. O mesmo acontece aos vídeos colocados nesta rede social que, após a queixa da TVI, os mesmos são apagados pelo FB, sendo que depois surge o tal castigo ou o tal aviso aos seus autores.

A TVI é o único canal a ter este tipo de atitude para com os seus fãs, telespectadores ou até mesmo para com os curiosos que procuram tornar vídeos em conteúdo viral.

Mas uma  coisa é certa, este tipo de atitude tem revoltado os autores deste tipo de páginas e vídeos que já comentam a sua desilusão nas redes sociais:

Como se já não bastasse a nossa querida TVI bloquear os vídeos no YouTube e afins, eis que a TVI aparece com uma excelente maneira de conquistar mais público: bloqueando páginas de fãs de programas do canal! É uma brilhante ideia, sem dúvida. E depois aquele slogan «Juntos fazemos a sua televisão» começa a ganhar cada vez mais sentido. (Ironia, claro!)
A esperança é que, o público comece a abrir os olhos e comece a tratar este canal da maneira que ele merece.
Um canal que nos oferece um programa quase porno, onde o intuito é «encontrar o amor» mas de outra forma (mais carnal!). Como toda a gente sabe, e não é novidade para ninguém, eles muitas vezes manipulam as votações e mandam a apresentadora interceder por este ou aquele concorrente mais «à rasca», Incoerência da TVI: nós (TVI) podemos manipular e fazer o que bem entendermos, mas vocês (público) não podem nada. Vivem do 760… talvez uma página de fãs que publicite estes passatempos, a TVI aceite… dava-lhes jeito! Mais dinheirinho do POVO a entrar na conta deles… Chular o POVO eles podem, nós publicarmos vídeos deles em páginas é que já não! Não sei se sabem, mas aqueles prémios grandes que eles oferecem nos seus passatempos, são prémios pagos por nós que ligamos para lá. Enquanto eles dão uns euros, recebem quase milhões anualmente por todas as chamadas que recebem!
A TVI que se diz ser uma televisão aberta a todos, que afirma que o público é quem mais lhes interessa, é na verdade uma empresa que só quer ganhar, esquecendo-se que quanto mais se sobe, maior é a queda.
Além do programa, quase porno, oferecem-nos um “Somos Portugal” que de cinco em cinco minutos, nos está a incentivar a ligar para o famoso 760 (é sempre bom receber mais uns eurinhos na conta…)…
As pessoas ligam, as pessoas dão audiências, as pessoas defendem a TVI, e em troca ganham o quê? NADA.
A TVI que tem como slogan «Juntos fazemos a sua televisão» e que se julga a maior televisão, não dá voz ao POVO, interessando-se só pelos lucros e ganhos.
Criam um TVI Player – cuja intenção até é boa – que encrava de 1 em 1 minuto, fazendo com que se perca a vontade de ver o episódio ou o programa. Talvez uns ajustes na aplicação, fizessem com que as pessoas parassem de procurar pelos episódios no Youtube e afins…
Sim a TVI já foi um grande canal, preocupado em agradar ao público, mas desde que começaram a ser líderes a única preocupação que têm é manter o lucro… é liguem o 760, votem neste ou naquele concorrente (depois manipulam tudo), olhe este fantástico automóvel (pago por todo o país que liga o 760), e este prémio em cartão (também pago pelas pessoas).
Se é com essa estratégia que a TVI pensa continuar a liderar, que continue… o sucesso não dura para sempre e as pessoas não ficam para sempre cegas.” – desabafou, desiludido, um telespectador da TVI

Se a TVI o pode fazer? Claro que sim. É um direito seu, que usa alegando “conteúdo de sua   propriedade” e que está a ser usado indevidamente sem a sua autorização.

No entanto, este tipo de atitudes dos cibernautas não seria, muitas vezes, publicidade gratuita, a todos os níveis, para a TVI?

Claro que sim, mas  a TVI prefere remeter todo e qualquer telespectador para as suas plataformas, afim de garantir visualizações e ganhos de, e na  publicidade.

A RTP e a SIC têm mantido uma postura diferente da TVI e, até agora, preferem não “castigar” os autores deste tipo de conteúdos na internet, o que tem valido elogios por parte dos cibernautas.

A caça está aberta e, uma coisa é certa, a TVI não perdoa este tipo de iniciativas no facebook, YouTube, ou noutro meio via internet.

Por isso, se está a pensar em criar algo com conteúdos da TVI, pense duas vezes antes de o fazer… pois será trabalho desperdiçado!

 

 

Sem feriado, “Massa Fresca” perde para O Preço Certo

12209193_10152773150167537_1463490508_o.jpg

Depois de ter estreado na passada segunda-feira, em pleno feriado nacional, a nova série da TVI não tem conseguido manter  a liderança e nos dias seguintes perdeu, sempre, para a RTP1.

Ontem, quarta-feira, “O Preço Certo” voltou a liderar o horário das 19h00 com 7,1% de rating e 21,4% de share, enquanto “Massa Fresca” da TVI obteve 6,8% de rating e 19,6% de share, ficando em segundo lugar.

A SIC continua a ocupar o terceiro e último lugar no horário com a telenovela brasileira “I Love Paraisopolis“, que alcançou 4,8% de rating e 14,0% de share.

João Valentim questiona vídeo “Descansa em Paz TVI”

12961725_210004672723841_1983001557619566279_n.jpg

O repórter do programa da TVI “Você na TV“, João Valentim,  questionou o vídeo viral que a VOX POP TV deu a conhecer na sua página de facebook.

 

Não é por trabalhar na TVI, mas isto é muito mau! Mais episódios dos morangos com açúcar ? Mais episódios do inspector max ?! Antigamente os concorrentes eram melhores? Não discutiam ? Não faziam sexo ? Não davam pontapés uns aos outros ? Os velhos querem morrer porque ouvem música pimba ?”, questiona o repórter da TVI.