Júlio Isidro escreveu texto sobre Nicolau Breyner (1940-2016)

Foto: Arquivo de Júlio Isidro

Esta é a bonita homenagem do apresentador da RTP ao grande Nicolau Breyner que nos deixou na passada segunda-feira, dia 14 de março de 2016.

“O SHOW,NICO…MUST GO ON

Agora, já naquele silêncio de espaço vazio, neste começo da construção da saudade, sinto que me devo um balanço sobre estes três dias passados.
Não queria ter estado no velório do Nicolau Breyner, não queria ter falado dele ,não queria ter realçado as qualidades profissionais que lhe reconhecia, e muito menos “santificá-lo” em elogios fúnebres.

Não queria ter-me lembrado, assim como num filme que passa a correr na memória, das inúmeras vezes que nos cruzámos, das entrevistas que lhe fiz e até da breve experiência em que ele fez de mim um”actor” arranjado à pressa.

Como sou de chorar,não queria ter estado à frente de tantos microfones e câmaras porque sou presa fácil do espectáculo das lágrimas.
Mas tudo isso me aconteceu pela única circunstância que ninguém conseguiu evitar: -O Nicolau tinha morrido.

Por isso tantos de nós disseram e escreveram tantas coisas bonitas sobre o actor, autor, produtor, realizador e sobretudo sonhador que o Nicolau foi.
Não o fizeram por eles, mas para ele e por ele.

Não queriam ter estado ali tal como eu estive por aquela inexorável razão.

Não queriam tempo de antena, apenas manifestar publicamente o respeito e carinho que lhe deviam.

O Nicolau Breyner era nosso patrimóno e todos quiseram manifestá-lo na hora do adeus e até um dia destes….a tal mudança de estado que é para todos e cada um de nós!
A estrela, agora a brilhar todas as noites sobre as nossas cabeças, foi sempre o Nico naqueles dois dias em que Portugal chorou a sua partida.

Guardo em mim uma enorme mágoa. O Nicolau não foi meu convidado no programa Inesquecível.

Seria uma edição só com ele, muita pesquisa,um número infindo de clips da sua obra, uma conversa feita de emoções:- Fica para Outubro quando a RTP Memória fizer anos.

O Nicolau está, cheio de trabalho e de projectos….aquela alegria de viver, o sorriso permanente – pensei e fui adiando.

O Nicolau é eterno, por isso o Inesquecível com ele vai acontecer, mas nunca mais adiarei nada.

Há só uma coisa que vou tentar ir adiando…..” – escreveu Júlio Isidro

Deixa o teu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s