Bronca: BANIF ameaça processar a TVI

20130330-151457

Banif ameaçou processar o canal depois de notícias veiculadas no domingo, quando a televisão referia que o banco poderia ser intervencionado esta semana.

A direcção de informação da TVI lamentou esta terça-feira o facto de a notícia divulgada no domingo passado pela televisão sobre a situação do Banif “não tenha sido totalmente precisa e esclarecedora” e possa ter contribuído para a ideia de que o banco seria integrado na CGD, separando activos saudáveis de tóxicos.

De acordo com uma mensagem colocada esta terça-feira no site da estação, a direcção de Informação pede desculpas “aos seus espectadores, mas também aos accionistas, trabalhadores e clientes do Banif” depois de ter sido “confrontada com a posição assumida pelo Banif em reacção à notícia divulgada em rodapé na emissão da TVI24”.

Em causa a ameaça de recurso a instâncias judiciais por parte da administração do banco liderado por Jorge Tomé, num comunicado divulgado domingo à noite, em que se denunciava o “jornalismo incendiário e irresponsável, desprovido de fundamento e ao nível do boato do qual não podem deixar de ser retiradas consequências”.

O Banif “não deixará de apurar em sede judicial a responsabilidade dos autores de tais notícias e dos que contribuíram para a sua propagação, na defesa dos interesses dos seus colaboradores, clientes e accionistas”, referia o mesmo comunicado.

O Económico contactou o Banif, que remeteu esclarecimentos para o comunicado que emitiu no domingo passado.

Na comunicação da TVI, esta alega que as primeiras informações avançadas em rodapé pela televisão foram depois “cabalmente esclarecidas no jornal ’25ª hora’, emitido à meia-noite, poderão ter induzido conclusões erradas e precipitadas sobre os destinos daquela instituição financeira”.

Contudo, num primeiro momento, a televisão passou em rodapé que estava “tudo preparado para o fecho do banco”; “A parte boa vai para a Caixa Geral de Depósitos”; “Vai haver perdas para os accionistas e depositantes acima dos 100 mil euros”.

“Na afirmação o ‘Banif poderá ser intervencionado esta semana’ não está considerado o cenário de fecho imediato do banco como, num primeiro momento, pode ter sido interpretado”, defende-se a direcção de Informação da TVI.

O título da notícia no site da televisão, inicialmente ” Banif: está tudo preparado para o fecho do banco”, foi depois substituída por “Banif: está tudo preparado para uma intervenção no banco”.

A direcção de informação diz ter ponderado “devidamente a divulgação da informação sobre a situação do referido banco, que considera matéria de relevante interesse público e jornalístico, tendo optado pela divulgação em texto de rodapé, na forma de “última hora”, por este tipo de informação ser normalmente susceptível de desenvolvimentos, de novos dados que aprofundam a notícia inicialmente divulgada”.

IN, Económico

Manuela Moura Guedes acabou de arrasar o “Jornal das 8” da TVI

contra

Depois de 2 dias consecutivos com José Sócrates na antena da TVI, a ex-generala da informação da estação de Queluz de Baixo saiu a disparar contra o actual estado da informação liderada por José Alberto Carvalho, Sérgio Figueiredo e Judite Sousa:

“O Jornal das 8 da TVI para além de ter espectáculos de música , concertos como eles dizem, com assistência a bater palmas e tudo , também tem verdadeiras pérolas de ficção e em capítulos. Toca mesmo a comédia a pseudoentrevista para limpeza de imagem de uma criatura mitómana que está mergulhada em sucessivos casos suspeitos de “mão na lata”. Mas ainda mais engraçado é pô-lo a comentar o País depois de o ter deixado na bancarrota. Infelizmente, isto não é suficientemente bom para fazer rir. Só consegue surpreender , e ,mesmo assim, raramente. Já conhecemos a criatura.” – escreveu a jornalista nas redes sociais.mmm