CCPJ dá razão a José Rodrigues dos Santos. O jornalista da RTP já reagiu!

1326

 A Comissão da Carteira Profissional de Jornalistas resolveu não abrir qualquer procedimento.

“Tratou-se de um erro involuntário e induzido, do qual já apresentou de resto, aos visados, no dia seguinte, um pedido público de desculpas”

A comissão fez uma análise aprofundada aos factos e concluiu que se tratou de um “erro involuntário e induzido”.

Foi tido em conta o dever previsto no art.º 14.º/2 e) do Estatuto do Jornalista, ou seja, o dever de “não tratar discriminatoriamente as pessoas, designadamente em razão da ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual”.

“Tendo ouvido as explicações do jornalista, dadas presencialmente, e analisando a documentação que facultou, entendo o secretariado que a respetiva atuação não é objetivamente subsmusível no ilícito referido, pelo que não se justifica a abertura de qualquer procedimento”, confirmou o organismo.

De acordo com o Dinheiro Vivo, José Rodrigues dos Santos acabou por reagir à situação muito comentada nas redes sociais e por agentes políticos. “Um abraço a todos os que me insultaram e foram rápidos a levantar-me processos de intenção sem conhecerem os factos”, frisou.

Anúncios

Deixa o teu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s