The Voice Portugal – Equipas dos mentores

The Voice Portugal - VOXPOPTV

fac

Mickael Carreira

Letícia Ribeiro de Carvalho - 19 anos
Letícia Ribeiro de Carvalho – 19 anos
Deolinda Kinzimba - 20 Anos
Deolinda Kinzimba – 20 Anos

Marisa Liz

Luís Baptista - 21 anos
Luís Baptista – 21 anos
Sérgio Martins - 36 anos
Sérgio Martins – 36 anos
Natasha Semmynova - 35 anos
Natasha Semmynova – 35 anos
Romeu Bairos - 22 anos
Romeu Bairos – 22 anos

Aurea

Ana Sofia Silva - 19 anos
Ana Sofia Silva – 19 anos
Inês Corte-Real - 20 anos
Inês Corte-Real – 20 anos

Anselmo Ralph

Ana Catarina Rodrigues - 17 anos
Ana Catarina Rodrigues – 17 anos

 

IN, RTP / Thevoiceportugal

Polémica na RTP: José Rodrigues dos Santos explica de novo.

fac

O jornalista da RTP, José Rodrigues dos Santos diz que tudo não passou de “um equívoco”.
O texto do pivot dizia: “A RTP falou com o (rosto) mais velho, de 70 anos, eleito pelo PS, uma pensionista que não esperava ser eleita, e com (…)”.
Sem ter visto a peça, JRS pensou que “o deputado e a pensionista eram a mesma pessoa” e teve de “improvisar”.
“Foi um erro em cima de outro erro e julgo que toda a gente percebe isso”, afirmou.
“Só a um conjunto de pessoas”, que não quis especificar, “interessa fazer disto um caso”, diz.

“Não fiz humor, pensei que era mulher. A mentira lava-se com a verdade e a mim não me interessa a orientação sexual das pessoas, não tenho nada contra os homossexuais”, garante o jornalista da estação pública , que esclareceu a situação na quinta-feira no ‘Telejornal’. Paulo Dentinho, director de informação, assegurou que se tratou de um “erro absolutamente não intencional”.

VOX POP TV – CM

Judite Sousa critica o jornalismo português.

2014-12-02-1.jpg-8

A jornalista da TVI, Judite Sousa, voltou a usar as redes sociais para criticar, fortemente, o jornalismo português. Tudo por causa das notícias que muitas revistas e jornais continuam a escrever em torno da sua vida pessoal e profissional.

Num texto escrito por si mesma, intitulado de “Reflexão”, Judite Sousa não poupa nas críticas:

“REFLEXÃO

O jornalismo está diferente. As normas que julgávamos certas não são mais as mesmas: o contacto com as fontes, a verificação,o cruzamento da informação e só depois a sua publicação, isso não existe mais.
A imprensa social é paradigmática.
Os jornalistas que trabalham nestas publicações são pressionados para obter declarações dos ” famosos”, seja sobre o que for.
As capas são escolhidas em função das vendas e do valor potencial da figura pública visada.
Sei do que falo.
No último ano, estive exposta, sem o desejar, a dezenas de capas e de notícias. Fui alvo de diferente tipo de manchetes: dor, tristeza, solidão, lágrimas… e por aí em diante. Fizeram- se fotomontagens, cometeram-crimes( nomeadamente o crime de ofensa a pessoa falecida previsto no código do processo penal).
Sou demasiadamente conhecida em razão de mais de 30 anos de profissão para procurar notoriedade através da imprensa.
Recentemente, foram escritas insinuações sobre alegadas ligações especiais a um candidato presidencial. Uma infâmia. Tudo isto sem o meu conhecimento.
Quem lê, acredita.
Quem vende, vende mais.
Quem é visado nada pode fazer.”